Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 3 de dezembro de 2011

Em Rio das Ostras, Feira de Holambra é uma das atrações da I Expo Ambiental


Exposição pode ser conferida até este domingo no Parque da Cidade
Os admiradores da beleza e cores de orquídeas, margaridas e violetas podem conferir essas e outras flores na Feira de Holambra, uma das atrações da I Expo Ambiental de Rio das Ostras. A feira está aberta à visitação das 9h às 21h, no Parque da Cidade.

Ministério da Educação vai abrir 44 mil vagas


A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara aprovou, na quarta-feira, o Projeto de Lei 2134/11, do Poder Executivo, que cria 44 mil cargos efetivos, de direção e funções gratificadas no Ministério da Educação. Os professores selecionados vão atuar em instituições federais do País.

STJ exige roupas formais e causa constrangimento


A partir de agora, até visitantes têm de usar terno, camisa social e gravata, no caso dos homens, e blusa com calça social ou com saia social, para mulheres
Luciana Marques
O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer
O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer - Agência Brasil  
Os padrões estéticos e o conceito de formalidade evoluíram na sociedade. No fim do século XIX, as mulheres passaram a usar calças para trabalhar em indústrias, um verdadeiro marco no guarda-roupa feminino. Na década de 60, o pensamento liberal trouxe uma nova revolução: a minissaia. As transformações no uso de roupas, no entanto, ainda não avançaram nos tribunais brasileiros. 

Seminário revela maior influência dos jornalistas nas decisões políticas


foto
Priscila Fonseca
Líderes de comunicação de grandes prefeituras paulistas contam como o jornalismo está mudando a imagem das administrações públicas por meio de práticas comuns do mundo privado
Foi-se o tempo em que um secretário de Obras dizia como, quando e onde uma de suas realizações deveria ser divulgada na imprensa. Agora, quem manda na comunicação das prefeituras é o jornalista. Essa, ao menos, foi a impressão deixada pelo 1º. Seminário de Comunicação para Prefeituras, realizado na última quarta-feira, 30, em São Paulo.
Promovido de forma inédita pelo Comunique-se Educação Corporativa, empresa do Grupo Comunique-se, o evento reuniu os líderes das secretarias de comunicação de cinco dos maiores municípios do Estado (Capital, Guarulhos, Campinas, Santo André e São José dos Campos).
Nos discursos, os representantes das prefeituras deixaram claro o avanço da profissionalização da comunicação na gestão pública. “Cada uma das nossas 27 secretarias conta com a assessoria direta de um jornalista, que produz o respectivo release a ser analisado por uma central de conteúdos. Só é divulgado aquilo que atende aos critérios de divulgação estabelecidos no plano de comunicação”, contou a diretora de imprensa de São José dos Campos (PSDB), Andréa Martins, lembrando o modelo de editorias, típico das estruturas vigentes nas redações.

Estado de saúde do ex-jogador Sócrates é grave, diz hospital


O ex-jogador de futebol Sócrates, ídolo do Corinthians e da seleção brasileira
É grave o estado de saúde do ex-jogador Sócrates, 57, que voltou a ser internado na quinta-feira na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Albert Einsten, na zona sul de São Paulo.
De acordo com o boletim médico, divulgado na manhã deste sábado, Sócrates está internado com um quadro de choque séptico de origem intestinal.
O ex-jogador respira por aparelhos e passa por tratamento dialítico. Sócrates voltou a ser internado depois de dois meses e meio de ter deixado o hospital recuperado de uma grave hemorragia digestiva.

O ex-jogador de futebol Sócrates, ídolo do Corinthians e da seleção brasileira

Ele, sua mulher e um amigo se sentiram mal na noite de quinta-feira (1º) após comerem em um evento. Mas apenas Sócrates, por precaução, foi internado.
Essa é a terceira internação do capitão da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1982 neste semestre. As outras duas foram decorrentes de hemorragias digestivas que tiveram origem no consumo excessivo de álcool.

Estampas de bichos, sempre em evidência


Minha foto

Animal Print

Fashion por menos!!!

http://fashionpormenos.blogspot.com/

Por Stephanie
Já faz um tempinho que as estampas de bichos sairam das passarelas e invadiram as ruas, e não importa a estação essas estampas estão sempre em evidência(tá aí uma estampa que vale a pena ter no ármario, pois não sai de moda nunca).
Se vc tem dúvidas de como usar os"bichos" sem ficar over, a dica é usar apenas uma peça da estampa e misturar com uma cor neutra; agora se vc é mais ousada vale apena misturar com algo colorido, fica lindo!!!


Aí vão alguns looks... 
Thássia Neves apostou no sapato de onça
.
A blogueira Thássia arrasou nesse look

Helena Bordon apostou na onça+ jeans



acessórios de onça



E aí, gostaram???
bjs, bjs

http://fashionpormenos.blogspot.com/2011/11/animal-print.html

Surfistas de Búzios se destacam em campeonato


A Copa Slake de Surf reuniu cerca de sessenta atletas na Praia do Farol de São Tomé, em Campos dos Goytacazes, no último fim de semana. A cidade de Búzios foi representada por Fontenelle Roberto, Arthur Souza, Pedro Henrique e Hugo Neto, que trouxeram para o município vitórias nas categorias Open, Júnior e Sênior.
Fontenelle Roberto foi campeão na categoria Sênio e ficou em 4º lugar na categoria Master. Já o surfista Arthur de Souza eliminou todas as chances dos adversários na última onda da categoria Open , quando nos minutos finais fez uma manobra inovadora: deu um giro de 360 graus no ar e de costas para a onda, voltando com maestria no final da manobra. Na categoria Júnior a vitória de Pedro Henrique também veio no final. O atleta Hugo competiu até às semi-finais.
Os surfistas Fontenelle Roberto, Arthur Souza, Pedro Henrique e Hugo Neto são beneficiados pelo Programa Bolsa Atleta Municipal.

Festival de presépios natalinos é aberto no Rio de Janeiro


Carolina Gonçalves e Vitor Abdala
Repórteres da Agência Brasil

Foi aberto hoje (3) ao público, no Rio de Janeiro, o Festival de Presépios 2011, que expõe 20 presépios de grande porte no parque do Jardim de Alah, em Ipanema, na zona sul da cidade. Segundo os organizadores, esse é o maior festival de grandes presépios do mundo.
A terceira edição do festival apresenta obras de artistas de cinco estados (Rio de Janeiro, Ceará, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul), montadas com diversos tipos de materiais. Alguns presépios apresentam figuras com até 2,5 metros de altura.

Esfoliação para deixar você ainda mais bonita


Mulher se esfoliando
Corpo macio e firme
Esfoliar a pele é tão básico que a gente nem sempre dá muito crédito. Mas saiba que, ao remover as células mortas, o corpo ganha um toque macio e, melhor ainda, os ativos do seu hidratante ou daquele creme anticelulite conseguem penetrar de forma mais eficiente. “Aplique o esfoliante no chuveiro com movimentos circulares e dê atenção especial aos cotovelos e joelhos”, fala Paula Toscano. Não esqueça do colo, que tem predisposição a formar bolinhas, e da virilha, para evitar que os pêlos encravem. Vale lembrar que misturas caseiras oferecem forte risco de ferir a pele e hoje há cosméticos eficientes e com bom preço. Depois de seca, aproveite que o corpo está quente e espalhe o hidratante com uma massagem. “Se quiser, pode aquecê-lo por dez segundinhos no microondas. Esse tempo não interfere na eficácia dos ativos e você evita o contato do produto gelado com a pele”, sugere Fernanda Ferrari. “No abdômen, faça dez círculos no sentido horário, deslizando a palma das duas mãos. Vai ajudar no funcionamento do intestino”, explica Renata de Abreu. “Nas coxas, no culote e no bumbum, com os punhos fechados, use os ossinhos dos dedos para ativar a circulação e, assim, eliminar toxinas que causam a celulite”, diz Paula Toscano.

Os bastidores da separação, só profissional, de Fátima e Bonner

William Bonner chorou e a Globo resistiu à ideia, mas Fátima Bernardes bateu o pé: terá um programa matinal próprio
João Batista Júnior
Lailson Santos
Últimas notícias: Patrícia passa a dividir a bancada com Bonner, no lugar de Fátima: espectadores a consideram elegante e espontânea, mas ela terá de cortar o cabelo

Patrícia passa a dividir a bancada com Bonner, no lugar de Fátima: espectadores a consideram elegante e espontânea, mas ela terá de cortar o cabelo

Como chefe, não podia concordar. Como marido, não tinha alternativa a não ser apoiá-la”, assim William Bonner descreve o momento em que cedeu, pela primeira vez, à decisão da mulher, Fátima Bernardes, de desmanchar a dupla mais conhecida do telejornalismo do Brasil. Foi no dia 1º de janeiro deste ano que a firmeza de propósito de Fátima, que cogitava fazer um programa próprio desde 2007, venceu a resistência de Bonner. Depois de tocar o projeto em segredo, temendo até que as felicitações pelo desempenho do Vasco, seu time, na verdade se referissem ao futuro programa, Fátima percebeu, em conjunto com a cúpula do Jornal Nacional, que não dava mais para manter o sigilo. Sorridente, com os cabelos impecáveis — e intocáveis, como se viu pela reação do público quando ela fez alisamento japonês —, ela anunciou a mudança na manhã de quinta-feira, ao lado de Bonner e de sua substituta, Patrícia Poeta, que troca o banquinho do Fantástico pela responsabilidade maior ainda da bancada do Jornal Nacional. Com o mesmo sorriso, mas atitude bem mais resguardada, Fátima nem cogita entrar em detalhes sobre as especulações de que o casal estaria se separando também na vida real ou de que os catorze meses de idade a mais que o marido começariam a pesar. “Todos sabem que estou radiante. Não existe luto”, diz. 

Búzios dá início à campanha contra a dengue


A prefeitura de Búzios através da secretaria de Saúde realiza neste sábado (03) um Evento de Mobilização Intersetorial de Prevenção da Dengue. Com o tema “Todos contra a dengue” a secretaria de Saúde pretende atrair a atenção da população buziana para a prevenção da doença. O mutirão será coordenado por Adriana Moutinho da Vigilância em Saúde e acontecerá das 9h às 16h, na Praça José Paraíba, em Cem Braças.
Por ser o bairro onde foi detectada a maior quantidade de pessoas com a doença este ano,  Cem Braças foi escolhido para sediar o mutirão, que envolverá as secretarias de Serviços Públicos, Ordem Pública, Comunicação, Educação, Meio Ambiente e Pesca e  Gabinete.
Além de Cem Braças os outros bairros com alto risco da doença são: Rasa, Manguinhos, Ferradura, Vila Verde e Centro (fora da orla).

Dilma retorna ao Brasil para discutir situação de Lupi


Presidente participou da primeira Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos
Dilma
Lisandra ParaguassuRoberto Stuckert Filho/PR
Uma debandada de presidentes esvaziou o segundo dia da primeira Cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC). A presidente Dilma Rousseff deixou Caracas no meio da manhã de sábado. A previsão era desembarcar em Brasília às 16h30, para já começar a discutir a situação do ministro do Trabalho, Carlos Lupi.
A presidente da Argentina também deixou a Venezuela ainda na madrugada. Depois de uma reunião que só terminou às 23h30 de sexta-feira, boa parte dos presidentes decidiu não participar do segundo dia do encontro.

Silvio Santos pode ser o Garoto Devassa (no lugar de Sandy e Paris Hilton)


Cerveja convida Silvio Santos para ser seu garoto-propaganda no ano que vem
Silvio Santos
Márcio Juliboni, Luciana Prezia 
Silvio Santos: depois de Sandy e Paris Hilston, o próximo "Devasso" da Schin?
O que você prefere? Sandy, Paris Hilton ou... Silvio Santos? De acordo com a coluna Radar, da edição desta semana de Veja, o empresário e apresentador foi convidado pela Schincariol para ser o novo garoto-propaganda da cerveja Devassa.

Em São Pedro da Aldeia, Natal Sustentável


            A Secretaria Municipal de Educação de São Pedro da Aldeia, por meio do Horto-Escola-Artesanal, e em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, está organizando uma grande festa natalina! Essa será a segunda edição do Natal Sustentável e acontece no próximo dia 9, a partir das 13h, na sede do Horto-Escola.
            A programação promete ser bastante animada e contará coma ajuda do bom velhinho: o Papai Noel, que chegará de charrete para atender a garotada e anotar todos os pedidos de natal! Para completar o ambiente festivo, no repertório terá uma vasta seleção de músicas natalinas.

Coral do Projeto Canto de Natal se apresenta em Búzios


O coral percorre ruas da cidade no dia 6 de dezembro
Entre os dias 24 de novembro e 22 de dezembro, o projeto cultural “Canto de Natal”, patrocinado pela Ampla e pela Secretaria de Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura, levará pelo segundo ano a magia do Natal a 18 municípios do Estado do Rio de Janeiro. Um ônibus-palco percorrerá as principais ruas de cidades pré-selecionadas com os coristas e o maestro do coral Mané Garrincha, que cantarão músicas temáticas. O espetáculo é gratuito. Durante as paradas, o público terá a chance de tirar fotografias instantâneas gratuitamente com o Papai Noel para levar de recordação.
Em Búzios a apresentação será no dia 6 de dezembro (terça-feira), a partir das 18h00. O coral vai percorrer as ruas da cidade partindo da sede da Ampla em Manguinhos, até a Praça Santos Dumont, no Centro.

Exposição “A luz do novo olhar” traz fotografias de paisagens da Região dos Lagos


Frederico Santa Rosa mostra a região através do próprio olhar
 Convite Expo Frederico.jpg
A exposição fotográfica “A luz do novo olhar”, de Frederico Santa Rosa, promete um passeio pelas paisagens de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Arraial do Cabo. A mostra acontece no dia 9 de dezembro, às 20h, no Museu José de Dome, Charitas, em Cabo Frio.

Bancos terão novo endereço eletrônico em janeiro


Correntistas que usam a internet para fazer transações financeiras serão orientados, a partir de janeiro, a usar um novo endereço eletrônico para acessar a página dos seus bancos em todo o país, informa reportagem de André Caramante publicada na Folha deste sábado.
Em vez do tradicional www.nomedobanco.com.br, os correntistas digitarão www.nomedobanco.b.br, ou seja, o "com.br" deverá ser trocado pelo "b.br".

Em Campos, Ministério Público apura ação da Petrobras em poço na Bacia de Campos


Se a participação no Campo de Frade explorado pela Chevron for maior que o admitido, estatal brasileira poderá ser responsabilizada pelos danos ambientais
Plataforma em alto mar
 A presença de um representante da Petrobras na plataforma da Chevron, que opera o poço acidentado há quase um mês na Bacia de Campos (litoral norte do Estado do Rio), é investigada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que abriu dois inquéritos para apurar os procedimentos da petroleira americana no Brasil.

Começa neste sábado show de fogos semanal da Árvore de Natal da Lagoa


Espetáculo acontece todos os sábados até o dia 30, sempre às 21h.
Show pirotécnico tem duração de 3 minutos, segundo organizadores.
Inauguração da Árvore de Natal da Lagoa com o logomarca dos Jogos Paraolímpicos (Foto: Felipe Dana/AP)

Inauguração da Árvore da Lagoa teve lançamento de logo dos Jogos Paraolímpicos (Foto: Felipe Dana/AP)
Começa neste sábado (3) o espetáculo de queima de fogos semanal da Árvore de Natal da Lagoa. O show pirotécnico tem duração de três minutos e acontece todos os sábados, até o dia 30 de dezembro, sempre às 21h.

Em ao menos dez Estados deputados recebem 'auxílio-paletó'


Assembleias Legislativas de ao menos dez Estados pagam a seus deputados o equivalente a 15 salários por ano.
Além do 13º, os deputados estaduais recebem um salário extra no início e outro no final de cada ano legislativo como ajuda de custo. O "auxílio-paletó", como é chamado, pode ser gasto livremente, a critério do parlamentar.
Têm direito ao benefício os deputados do Acre, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Tocantins, Rondônia, Minas Gerais e Bahia.

Na UTI, Sócrates está em estado grave e respira por aparelhos


Ex-jogador apresenta infecção generalizada no organismo Internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) desde a noite da última sexta-feira, Sócrates está em estado grave e respira por aparelhos. 

Jornal Meia Hora "brinca" com saída de Fátima Bernardes do Jornal Nacional


Meia_Hora_faz_piada_com_Ftima2
O jornal Meia Hora ousou na manchete sobre a saída de Fátima Bernardes do 'Jornal Nacional', comunicada à imprensa na quinta-feira (1). O título dúbio “Fátima abandona Bonner e vai fazer programa”, chamou a atenção, apesar de explicar na linha fina: “Apresentadora mais amada do Brasil deixa bancada do ‘JN’ para comandar novo programa da Globo”.
Fátima irá deixar o telejornal para apresentar um programa na mesma emissora, TV Globo. A jornalista será substituída por Patrícia Poeta, que atualmente apresenta o 'Fantástico'. Com a saída de Patrícia, Renata Ceribelli comandará o programa dominical ao lado de Zeca Camargo.
O Comunique-se perguntou em seu perfil no Twitter o que os leitores acharam da capa do Meia Hora. Os internautas se dividem entre a criatividade e o mau gosto.

OAB aplica segunda fase do exame neste domingo


Farão o teste prático-profissional os candidatos aprovados na prova objetiva
Acontece neste domingo (4) a segunda fase do 5º Exame de Ordem da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

No Rio, sambistas invadem trens para comemorar


Dia Nacional do Samba; veja programação
Portela_musicos

Ritmistas da Portela se preparam para ensaio aberto neste sábado
Velhas guardas de escolas de samba darão o tom nas viagens da Central a Oswaldo Cruz
Neste sábado (3), quem gosta de samba poderá, a cada meia hora, cair na folia. Das 16h às 18h30, trens partirão da Central do Brasil rumo a Oswaldo Cruz, na zona norte do Rio, com sambistas em todos os vagões. Essa é a 16ª edição do Trem do Samba, que acontece um dia depois do Dia Nacional do Samba, comemorado na sexta-feira (2).

Bom dia! Resumo dos jornais deste sábado, 4 de dezembro

Folha de S. Paulo

Manchete: Desde 2001, só 1 multa por poluição de óleo foi paga

Entre 2001 e 2011, o Ibama fez atuações de R$ 57 milhões e recebeu R$ 200 mil
Desde 2001, O Ibama lavrou 93 multas decorrentes de poluição por petróleo, mas apenas uma delas foi paga. O total das autuações chegou a R$ 57,3 milhões; o valor recebido, R$ 200 mil. 
As outras 92, todas de empresas do grupo Petrobras, estão na Justiça; dessas, 4 foram depositadas em juízo. (Págs. 1 e B1/ Mercado)

Dilma diz que a partir de 2ª define situação de Lupi

A presidente Dilma Rousseff afirmou que resolverá a situação de Carlos Lupi (Trabalho) a partir de segunda. 
Em tom de ironia, ela disse que não é "romântica" ao ser questionada se a declaração do ministro - "Dilma, eu te amo" -, em novembro, influencia na decisão de mantê-lo na pasta. (Págs. 1 e A8/Poder)

Obra desaba em Cumbica a 18 dias da inauguração

Parte de terminal de Cumbica, em obras, desabou enquanto a Aviação Civil anunciava perto dali medidas como a abertura do espaço no dia 20 - a data pode mudar. 
Entre as determinações, está a redução da distância entre aviões na aterrissagem (de 18,5 km para 9,2 km) para elevar a capacidade do espaço aéreo. (Págs. 1, Cl e C4/Cotidiano)

Sob efeito da crise, produção industrial volta a cair no Brasil

A produção da indústria brasileira caiu 0,6% em outubro sobre o mês anterior, segundo o IBGE. Foi a terceira queda seguida e a maior para o mês desde 2009. 
O resultado mostra que a economia sente reflexos da crise europeia. O contágio se dá pela retração da exportação e pela piora da confiança do consumidor. (Págs. 1 e A4/Poder)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Ex-jogador Sócrates volta a ser internado em SP


O ex-jogador Sócrates está internado no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, desde quinta-feira (1º), informou a assessoria do hospital nesta sexta-feira (2). Esta é a terceira vez este ano que o ex-atleta do Corinthians é internado. Nas duas ocasiões anteriores ele foi internado para tratar de uma hemorragia digestiva, causada pelo consumo prolongado de álcool.
A assessoria do Albert Einstein ainda não tem detalhes sobre o motivo da internação tampouco sobre o estado de saúde do ex-jogador, e informou que divulgará um boletim na manhã deste sábado (3).

Em Cabo Frio, Alair Corrêa inaugura, em grande festa, escritório político

O ex-prefeito Alair Corrêa inaugurou ontem (1) seu escritório de trabalho no centro de Cabo Frio. Aproximadamente 300 pessoas entre empresários, profissionais liberais e representantes da imprensa estiveram no local. 
O radialista Edinho Ferrô foi o mestre de cerimônia, fazendo a abertura e a apresentação de autoridades e de representantes da imprensa. 
 Alair Corrêa foi contundente em seu discurso. Reclamou da estagnação da economia local, disse que em 7 anos a arrecadação foi de bilhões, mas ainda assim o governo municipal foi incapaz de executar sequer uma obra de grande porte. Finalizando, disse que mais do que nunca Cabo Frio precisa de um administrador que acorde cedo, que durma tarde, que tome conta dos recursos arrecadados e que, sobretudo, decida entregar o comando e a direção da cidade nas mãos de Deus. 
Os “comes e bebes” ficaram por conta do buffet de Gilmarzinho do Tamoio, tudo num clima de muita descontração.
 As fotos, como sempre, trazem a marca do internacional Marco Color.

Campos: as lições da mancha

O vazamento de petróleo no litoral do Rio de Janeiro foi um alerta. O que fazer para evitar uma catástrofe ambiental na exploração do pré-sal
MARTHA MENDONÇA, COM NELITO FERNANDES
LONGE DOS OLHOS Barco da Chevron ajuda a dispersar o óleo no mar do Rio. Países como Canadá e Noruega têm sistemas de monitoramento constante das manchas no mar (Foto: Márcia Foletto/Ag. O Globo)
LONGE DOS OLHOS
Barco da Chevron ajuda a dispersar o óleo no mar do Rio. Países como Canadá e Noruega têm sistemas de monitoramento constante das manchas no mar (Foto: Márcia Foletto/Ag. O Globo)
mensagem10 (Foto: reprodução)
As fotos de satélites e as imagens aéreas do vazamento de petróleo no litoral do Rio de Janeiro rodaram o mundo. Mas elas ainda não mostram toda a dimensão do problema. Até a última quinta-feira, a Agência Nacional de Petróleo (ANP) estimava que, desde o dia 7 de setembro, cerca de 400.000 litros tinham vazado da plataforma da Chevron do Campo do Frade, na Bacia de Campos. Um volume pequeno se comparado a outros casos, nacionais e internacionais. Mas o suficiente para revelar que o Brasil não está preparado para enfrentar esses acidentes. E é isso o que mais preocupa agora. Em alguns anos, o pré-sal vai multiplicar as operações de exploração e produção no mar. Há uma década, os negócios com petróleo no Brasil movimentavam 2% do Produto Interno Bruto (PIB). Hoje movimentam 12%. Até 2019, estima-se que a produção nacional de petróleo mais que dobre. As novas explorações serão mais complexas, em águas ainda mais profundas e mais distantes do continente. Para minimizar os riscos e conter futuros vazamentos, várias mudanças serão necessárias, a partir das lições do acidente da Chevron. Eis as mais importantes:
Definir as responsabilidades dos órgãos reguladores
Como é hoje – Não existe um plano de ação que defina o papel dos órgãos envolvidos: ANP, Ibama, Marinha, Ministério da Justiça e governos dos Estados produtores. Os papéis foram definidos em 2000 por um projeto, o Plano Nacional de Contingência (PNC), feito em conjunto pelos ministérios do Meio Ambiente, de Minas e Energia, da Pesca e da Justiça. Mas o plano nunca foi regulamentado. Sem essas normas, os órgãos envolvidos ficam sem rumo.
Como deve ser – O primeiro passo é determinar quem é responsável por cada parte das atribuições, nos mais variados cenários. Os Estados Unidos e o Canadá têm planos assim. Argentina e Venezuela também. Pelo plano da Argentina, a Prefectura Naval, guarda costeira de lá, é a responsável pela coordenação da ação de emergência. Todos os outros órgãos se reportam a ela. Qualquer aviso de contaminação, potencial ou real, vai para a Prefectura Naval. Isso facilita o monitoramento pelos órgãos públicos e também por entidades independentes, como universidades e ONGs. E reduz as chances de as empresas de petróleo se esquivarem. No Canadá, a responsável pelas respostas às emergências no mar, segundo o PNC vigente, é a Guarda Costeira. Ela realiza exercícios de simulação de acidentes regularmente, envolvendo as empresas e as comunidades.
7 erros (Foto: reprodução)
Garantir que a empresa está preparada
Como é hoje – As empresas são obrigadas a apresentar ao Ibama equipamentos e planos mostrando que têm tecnologia e pessoal para casos de acidente. Esses programas de contingência são chamados de Planos de Emergência Individuais (PEIs). Só com anuência do Ibama as empresas recebem as licenças para atuar. Mas, uma vez apresentados os PEIs, não há fiscalização para averiguar se a empresa atualizou os equipamentos ou manteve os treinamentos.
Como deve ser – A apresentação do plano de emergência não dispensa o monitoramento frequente. A empresa pode ter listado em seu plano um navio para conter vazamentos de óleo. Mas esse navio pode ter sido deslocado para outra área ou mesmo outro país. O plano da empresa precisa ser conferido regularmente. E ela também precisa realizar simulações de acidentes onde atua.

Obrigar as empresas a agir em conjunto
Como é hoje – Segundo um decreto de 2003, as empresas de petróleo que atuam numa mesma área devem ter um plano de emergência conjunto. Em caso de vazamento, as empresas vizinhas devem emprestar equipamentos e pessoal treinado. É o Plano de Área. Na prática, ele não é feito. “Não se ouve falar deles, em nenhum aspecto”, diz a engenheira química Alessandra Magrini, da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “Não há qualquer estratégia de atuação em conjunto.”
Como deve ser – Planos de Área precisam ser cobrados, em troca da licença ambiental, da mesma forma que os PEIs. Esses planos podem incluir até colaboração entre empresas de países vizinhos. Argentina e Uruguai têm acordos para atuação conjunta, assim como Estados Unidos e Canadá.

Vigiar o tempo todo
Como é hoje – As atividades de prospecção e exploração são realizadas por várias empresas, em áreas longe do litoral, e pouco frequentadas por algum agente independente, como pescador, pesquisador ou barco de turismo, que possa dar um alarme. O Brasil também não tem um sistema para monitorar dia a dia as atividades petrolíferas na costa. Os funcionários dos órgãos reguladores dependem muitas vezes das próprias empresas para ficar sabendo dos acidentes em alto-mar.
Como deve ser – O Brasil poderia desenvolver um sistema de monitoramento do petróleo equivalente ao que existe para acompanhar queimadas e desmatamento na Amazônia. Esse sistema foi criado pela Embrapa e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais usando os mesmos satélites que forneceram as imagens do vazamento da Chevron. Outra estratégia é destacar fiscais para residir em plataformas e navios de produção de petróleo. Algo semelhante ao que ocorre nas usinas nucleares de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. “Também é preciso haver uma sala de controle de poluição por óleo, que centralize esses dados”, diz a procuradora Telma Malheiros, que implantou e chefiou por quatro anos a coordenação de óleo e gás do Ibama, responsável pelo licenciamento ambiental no setor.


APRENDIZADO Um mergulhão sujo com petróleo numa praia da Baía de Guanabara.Após o acidente em 2000, a Petrobras criou equipes de prontidão  (Foto: Domingos Peixoto)
APRENDIZADO
Um mergulhão sujo com petróleo numa praia da Baía de Guanabara.Após o acidente em 2000, a Petrobras criou equipes de prontidão
(Foto: Domingos Peixoto)
Foi uma amostra (Foto: Lee Celano/Reuters e AP Photo)
É o que fazem outros países. Na Alemanha, as 450 plataformas de produção são monitoradas por aviões que fotografam 15.000 quilômetros quadrados do Mar do Norte por dia. O governo também analisa imagens de satélite, atualizadas três vezes por semana. Na Noruega, uma agência governamental, a Autoridade de Controle de Poluição, usa imagens de satélite. Ela tem tecnologia capaz de identificar mesmo as manchas pequenas, com apenas 100 metros de largura. O Canadá, com a maior costa do mundo, combina patrulhas aéreas e marítimas para coibir irregularidades.

Historicamente, os avanços em prevenção só vieram depois de grandes catástrofes ambientais. Foi o caso do naufrágio do petroleiro Exxon Valdez, em 1989, que encalhou na costa do Alasca e espalhou 43 milhões de litros de petróleo por 28.000 quilômetros quadrados de mar. A fauna da região, incluindo aves, focas e leões-marinhos, foi dizimada. O caso mostrou as falhas nos planos de emergência dos Estados Unidos. Depois do acidente, a Agência de Proteção Ambiental americana criou um cronograma para que os petroleiros adotassem o casco duplo, que reduz as chances de um vazamento num tanque do navio chegar ao mar. As empresas também foram obrigadas a usar rebocadores para guiar os petroleiros pelos estreitos do Alasca.

No ano passado, a pressão por regras mais rígidas aumentou com o acidente da BP no Golfo do México. O governo americano foi acusado de lentidão e má gestão dos esforços para conter a mancha. O presidente Barack Obama admitiu que errou ao permitir que o setor se autorregulamentasse e cancelou uma nova prospecção na região. O Brasil também aprendeu alguma coisa com acidentes. Em 2000, uma falha em uma das tubulações da Refinaria Duque de Caxias, da Petrobras, causou o derramamento de 4 milhões de litros de óleo na Baía de Guanabara. O acidente poluiu praias, provocou a morte de animais e causou prejuízos à população que vivia da pesca. Mas também inaugurou uma nova fase de investimentos da empresa em prevenção. Depois dele, a Petrobras instalou centros de defesa ambiental no país, que funcionam com pessoal de prontidão dia e noite, com barcos, balsas, recolhedores e milhares de metros de barreiras de absorção e contenção de óleo.

Nada disso é garantia de segurança total. A exploração em águas profundas, no limite do alcance e do conhecimento humano, é sempre arriscada. O pior cenário para um acidente é o que houve no Golfo do México, quando a boca do poço estourou a 1.500 metros de profundidade, e o petróleo ficou jorrando no mar descontroladamente. Não havia tecnologia para conter o vazamento. A BP levou três meses de tentativas e erros até conseguir montar uma caixa de concreto, do tamanho de um prédio de três andares, com 40 toneladas, que finalmente tampou o poço. Se algo semelhante acontecer aqui, a empresa responsável precisará de um recurso semelhante, que não está disponível agora. “Nem o Brasil nem o mundo estão preparados para estancar algo daquele volume rapidamente”, diz Segen Estefan, diretor de tecnologia e inovação da Coppe. Segundo ele, o país poderia ter capacidade para construir um tampão parecido em alguns dias. “Não se pode ficar desmaiando toda hora que surge um vazamento, porque é impossível evitá-lo”, diz. “O importante é saber o que fazer para minimizar os danos.”
 (Fotos: Lee Celano/Reuters e AP Photo)

Fraqueza nas pernas e perda de visão também são sinais de AVC


Cientistas britânicos defendem que os dois sintomas devem ser somados aos sinais clássicos de AVC em campanhas de conscientização
Pesquisadores britânicos afirmam que detectaram outros dois sintomas indicativos de que uma pessoa está sofrendo um Acidente Vascular Cerebral (AVC).
Um projeto desenvolvido pela University Hospitals of Leicester NHS Trust (parte do serviço público de saúde britânico) descobriu que fraqueza nas pernas e perda de visão também são sintomas do problema e não devem ser ignorados.e AVC vêm de apenas 10 causas
Segundo a Stroke Association, entidade assistencial britânica voltada para o tratamento do AVC, informa em sua página na internet existem três sintomas que precisam ser observados.
O primeiro é fraqueza facial: notar se a pessoa consegue sorrir ou se um canto da boca ou um dos olhos está com aparência caída.
Outro sintoma é a fraqueza nos braços – observar se a pessoa consegue erguer os dois braços – e o terceiro são os problemas de fala, ou seja, tentar detectar se a pessoa consegue falar claramente ou entender o que outra pessoa fala.

Condenados por crime hediondo ou pedofilia poderão ficar mais tempo presos antes ir para regime semi-aberto


A progressão de regime, de fechado para semi-aberto ou aberto, para os condenados por crimes hediondos ou atos de pedofilia só poderá ser requerida quando o preso cumprir três quintos, ou 60% da pena, mesmo sendo réu primário ou reincidente. É o que pretende o PLS 333/10, a ser examinado na próxima reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), agendada para a quarta-feira (7).
Atualmente, a Lei de Crimes Hediondos exige o cumprimento de dois quintos (40%) para réus primários e três quintos (60%) para reincidentes em regime fechado para que os condenados possam reivindicar sua flexibilização.

Marcos Valério é preso por acusação de grilagem


"Ah, tá"

Após ter sido preso na manhã desta sexta-feira (2/12), em Belo Horizonte, por acusação de grilagem de terras, o publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza respondeu "ah tá, já sei" e pediu para que a Polícia entrasse em sua casa enquanto ele tomava um banho e se arrumava para ser levado. A Operação Terra do Nunca começou na segunda-feira (28/11), com uma campana dos policiais, de acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo.

Crime da mega-sena: ‘Traí o Renné porque ele não tinha ereção’


Viúva de milionário confessa que teve relacionamento sexual com motorista
Principal acusada da morte de Renné Senna, o lavrador que em 2005 ganhou R$ 52 milhões na Mega-Sena, e viúva do milionário, Adriana Almeida, afirmou ontem durante o julgamento do crime no Fórum de Rio Bonito que traiu a vítima. A ex-cabeleireira disse que mantinha um relacionamento paralelo com o motorista Robson Andrade porque ela sentia desejo e não era satisfeita por Renné, que sofria de disfunção erétil.
"Eu traí o René com o Robson no final do ano de 2006, já que René estava com problemas em manter a ereção. Eu traí por carência, apenas por satisfação sexual. René era ciumento, mas não desconfiava do caso.
Adriana afirmou ainda que o marido nunca desconfiou que ela tivesse amante e negou que pensasse em deixar Renné para viver com Robson, contrariando o depoimento do motorista, na terça-feira.
A promotora Priscila Naegelle Vaz, responsável pela acusação do júri da morte de Renné, vai pedir a absolvição de três dos quatro acusados pelo crime. O Ministério Público (MP) sustentará a inocência dos PMs, Marco Antônio Vicente e Ronaldo Amaral e da personal trainer, Janaína Oliveira. A promotora pedirá apenas a condenação de Adriana, acusada de ser a mandante do assassinato. Mesmo assim, todos ainda podem ser condenados A sentença deve ser proferida hoje.
Meia Hora