Em Campos, ônibus capota enquanto motorista dava troco a passageiro


Dezoito pessoas ficaram feridas. O sindicato dos trabalhadores de transporte reforçou que é contra a dupla função (motorista e cobrador).
Um ônibus da empresa Brasil capotou na manhã de ontem (15) em Conselheiro Josino, distrito de Campos. Dos 25 passageiros que estavam no coletivo, 18 ficaram feridos. Ninguém morreu.
Segundo testemunhas, o motorista, que também acumulava o trabalho de cobrador, entregava o bilhete e o troco a uma passageira que tinha acabado de subir, quando perdeu o controle do veículo. O impacto foi tão grande que quebrou o para-brisa do ônibus. Passageiros tiveram que ser retirados pelas janelas. O acidente foi por volta das 7h30, quando o ônibus seguia em direção à BR-101. Os feridos foram encaminhados ao Hospital Ferreira Machado. 
De acordo com o gerente da empresa Brasil, Carlos Henrique Fagundes, o motorista do ônibus disse que uma passageira chamou a atenção dele puxando pela camisa para pedir o troca. Com isso ele teria perdifdo o controle da direção. Ele disse, ainda, que a empresa está dando toda a assistência às vítimas.
O presidente do sindicato dos trabalhadores de transportes rodoviários de Campos, Roberto Virgílio, disse que nesta segunda (16) será aberta uma investigação para saber as causas do acidente. E reforçou que o sindicato é totalmente contra a dupla função de motorista e cobrador.

do RJ INTER TV 1ª Edição

Comentários