No Rio, bombeiros encontram nono corpo nos escombros de prédios que desabaram


Fumaça é intensa no terceiro dia de buscas e ainda há focos de incêndio
Severino Silva / Agência O Dia
 BOMBEIROS_DESABAMENTO
Bombeiros contam com ajuda de especialistas para encontrar desaparecidos entre escombros
Equipes do Corpo de Bombeiros que trabalham no local onde três prédios desabaram no centro do Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (25), localizaram o nono corpo, ainda não identificado, em meio aos escombros, por volta de 12h50 desta sexta-feira (27).
Com esse resgate, ao menos 25 pessoas ainda continuam desaparecidas, segundo estimativa da prefeitura. Parentes e amigos chegam a todo momento em busca de informações. 


O coronel Ronaldo Alcântara, que é sub-comandante do Corpo de Bombeiros, informou no início da tarde que as equipes de resgate que trabalham, em meio aos 20% de escombros restantes dos três prédios, já chegaram ao ponto onde estariam concentradas o maior número de vítimas. Segundo ele, as buscas estão focadas na área onde ficava um curso, no qual estariam 11 pessoas.
Como ainda há focos de incêndio nos escombros e a fumaça é muito intensa, os cães farejadores e os sensores de calor não estão sendo usados nesta sexta. Os sensores de som também não são utilizados, pois o barulho também é forte, o que comprometeria a operação. As buscas acontecem apenas com máquinas e homens.
Dinheiro em cofre
O desabamento esconde um tesouro que as autoridades ainda não sabem como retirar de debaixo dos escombros. A agência do banco Itaú, de número 0607, tem entre R$ 2 milhões e R$ 3 milhões guardados dentro do cofre.

Em nota oficial, o banco diz que os clientes afetados serão atendidos em outras 11 agências que funcionam na região, mas deixa transparecer a preocupação da instituição ao afirmar que “equipes do banco estão no local desde a noite de ontem para acompanhar e contribuir com o trabalho (...) e adotar as providências cabíveis e necessárias”. 

De acordo com uma fonte do banco ouvida pelo R7, o receio é que a quantidade de dinheiro chame a atenção da população, criando problemas de segurança. 

- Estamos em contato com os bombeiros, a Defesa Civil e outras autoridades que isolam a área. A primeira providência é localizar as vítimas, mas estamos monitorando o cofre. 

Segundo o Banco Central, os correntistas da agência não terão qualquer prejuízo com a destruição da agência. Pelas regras da autoridade monetária, assim que o dinheiro for resgatado, o banco poderá fazer a troca das notas danificadas por outras novas.

Comentários