Brasileiros querem investir seu dinheiro em 2012; veja as melhores opções de aplicação


Djalma Oliveira
Para muitos brasileiros, 2012 está começando agora. E o principal plano para este ano é guardar ou investir o dinheiro. É o que aponta uma pesquisa realizada pela Triad PS, consultoria especializada em administração de tempo e produtividade. De acordo com o levantamento, que ouviu 1.872 pessoas entre 15 de outubro e 30 de dezembro do ano passado, 58% dos entrevistados têm interesse em guardar ou aplicar o dinheiro.
Em segundo lugar na lista de prioridades, está gastar com qualificação profissional. A alternativa foi citada por 54% dos entrevistados.
Os fundos de renda fixa e o Tesouro Direto devem ser, segundo economistas, as melhores aplicações neste início de ano. Segundo Myrian Lund, economista da Fundação Getulio Vargas (FGV), fundos com taxa de administração de até 2% ao ano são mais vantajosos do que a poupança para quem tem mais dinheiro para investir. Nos casos de aplicações no valor de até R$ 10 mil, a caderneta ainda seria melhor.
O Tesouro Direto é mais recomendado para investimentos de médio e longo prazos (mais de um ano). Apesar de a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ter registrado, no mês passado, o melhor janeiro em seis anos, Myrian Lund afirmou que investir em ações ainda é arriscado.


Prazo certo
É preciso escolher o investimento certo para o montante de dinheiro que se quer investir e também para o prazo no qual se quer resgatar o dinheiro. Para prazos curtos (até um ano), CDB ou renda fixa são boas opções. Para médio (dois a três anos) ou longo (acima de três anos) prazo, a dica é o Tesouro Direto.
Ações
A compra de ações neste momento não é recomendada pelos especialistas do ramo financeiro, pois o mercado ainda deve passar por períodos de muita volatilidade por causa da instabilidade que domina o cenário internacional. Isso vai exigir muito sangue frio por parte dos investidores, que deverão acompanhar constantes altas e quedas nas cotações dos papéis ao longo deste ano.
Vale e Petrobras
Quem tem ações de Vale e Petrobras não deve vendê-las agora, pois a tendência é que os papéis valorizem-se ainda mais, já que são de empresas sólidas.
Poupança
A caderneta de poupança é uma opção para quem não tem muito dinheiro para investir. Segundo cálculos feitos por Nelson de Sousa, economista do Ibmec, quem investir mil reais na poupança agora terá, daqui a um ano, R$ 1.072,32. Já os mesmos mil reais aplicados num fundo de renda fixa — com taxa de administração de 2% ao ano — terá, dentro dos mesmos 12 meses, R$ 1.064,04.
Fundos
O investidor deve prestar atenção especial à taxa de administração de seu fundo. Economistas recomendam pesquisar bastante nas corretoras de valores e nos bancos e não pagar taxas superiores a 2% ao ano para aplicar.
Tesouro Direto
O Tesouro Direto é considerado uma boa opção de investimento para médio e longo prazos. Desde o início do ano, é possível aplicar a partir de R$ 30. Há títulos atrelados a algum índice de inflação e outros que são prefixados.
Dólar
A moeda americana, que durante anos foi uma boa opção de investimento, não é mais recomendada por economistas, apesar de, segundo eles, os Estados Unidos estarem dando sinais de recuperação econômica.


Comentários