Em Cabo Frio, foliões reclamam da falta de banheiros no carnaval


Sanitários instalados nas ruas seriam insuficientes, segundo a população.
Prefeitura alega que triplicou o número de banheiros químicos este ano.

Do Bom Dia Rio
Os foliões que resolveram passar o carnaval em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, reclamam que o número de banheiros químicos instalados na cidade é insuficiente. Por isso, entre uma música e outra, eles encontram lugares impróprios para fazer xixi. Seja nas ruas ou em árvores, eles tentam se explicar. "A gente chega aqui, milhões de pessoas e não tem nenhum banheiro público. Eu fico indignado. Fazer o quê? Tem que dar o nosso jeitinho", alegou o operador de rádio Alfredo Teixeira.


Além disso, moradores e turistas reclamam da localização dos banheiros químicos instalados pela prefeitura, que ficam longe das ruas por onde passam os blocos. A Câmara de Vereadores de Cabo Frio tentou proibir a prática mal cheirosa. Um projeto de lei determinava a fiscalização e punição para quem fosse pego desrespeitando a regra, mas a proposta foi vetada pelo prefeito Marquinhos Mendes.
O legislativo ainda pode tornar o projeto lei, mesmo sem sanção do Executivo. Mas, enquanto isso não acontece, a situação é um transtorno para a população.
A Secretaria de Serviços Públicos de Cabo Frio informou que o número de banheiros químicos foi triplicado em relação ao carnaval do ano passado. E que os blocos também são responsáveis por instalar banheiros para atender os foliões.

Comentários