Em Cabo Frio, pacientes que dependem de remédios da rede pública chegam a esperar 2 meses


Nem ordem judicial é suficiente para que os medicamentos cheguem a quem precisa. Secretaria diz que problema é pontual.
Mesmo sob ordem judicial, pacientes de Cabo Frio que dependem de medicamentos fornecidos pela rede pública não estão conseguindo remédios. Alguns deles esperam quase dois meses para receber todos os remédios que deveriam ser usados de forma contínua.
do RJ INTER TV 2ª Edição 

Comentários