Paulo Henrique Amorim deverá se retratar por racismo contra jornalista da Globo


Nathália Carvalho

Depois de dois anos, o impasse entre Paulo Henrique Amorim, da Record, e Heraldo Pereira, da TV Globo, foi resolvido. Segundo a decisão da Justiça de Brasília, os comentários de Amorim foram considerados ofensivos e racistas, assim, ele deverá pagar multa de R$ 30 mil e publicar nota em dois jornais de grande circulação.
O caso aconteceu quando, em seu blog, Paulo Henrique chamou o jornalista da Globo de "negro de alma branca" e disse que ele fazia "bico" na emissora. Parcelado em seis vezes, o dinheiro da multa deve ser encaminhado a instituições de caridade, que serão indicadas por Heraldo. 
De acordo com as informações do Brasil247, nos próximos 15 dias, o jornalista da Record deverá se retratar publicando nota previamente determinada pela Justiça nos jornais Folha de São Paulo e Correio Braziliense. Além disso, todas as reportagens que se referem a Heraldo deverão sair do Conversa Afiada, blog comandado por Amorim.

Veja abaixo o texto que deverá ser publicado nos jornais:


Retratação de Paulo Henrique Amorim, concernente à ação 2010.01.1.043464-9:

“Que reconhece Heraldo Pereira como jornalista de mérito e ético; que Heraldo Pereira nunca foi empregado de Gilmar Mendes; que, apsear de convidado pelo Supremo Tribunal Federal, Heraldo Pereira não aceitou participar do Conselho Estratégico da TV Justiça; que, como repórter, Heraldo Pereira não é nem nunca foi submisso a quaisquer autoridades; que Heraldo Pereira não faz bico na Globo, mas é funcionário de destaque da Rede Globo; que a expressão ‘negro de alma branca’ foi dita num momento de infelicidade, do qual se retrata, e não quis ofender a oral do jornalista Heraldo Pereira ou atingir a conotação de racismo.”

Comentários