Prefeito reduz o próprio salário em 30%


O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, envia nesta quarta-feira (29) à Câmara de Vereadores projeto de lei que prevê a redução, em definitivo, do seu salário em 30%. Em valores, a redução equivale a R$ 8.016,94 do vencimento bruto.
A medida foi anunciada em reunião com os vereadores, secretários municipais e administradores regionais, na manhã desta quarta, na Prefeitura.
“A mensagem de lei é para que haja a redução direta dos vencimentos. É um desconto direto no salário”, disse Luciano Ducci.
Atualmente, o prefeito já devolve parte do salário que recebe aos cofres públicos. Uma vez aprovado o projeto pelos vereadores, o salário do prefeito será reduzido já na folha de pagamento, sem que ele precise recolher o valor a ser devolvido.
Antes do envio da mensagem o prefeito informou da decisão aos vereadores de Curitiba, durante reunião na manhã desta quarta-feira.

Hoje, o salário bruto do prefeito é de R$ 26.723,13 e ele devolve mensalmente o equivalente a 30% do salário líquido. Com a aprovação do projeto do Executivo, não será necessária a devolução. O salário bruto do prefeito cairá para R$ 18.706,19. O valor líquido, aquele efetivamente recebido, passará a ser de R$ 12.284,58.
A devolução de parte do salário do prefeito ocorre desde o início do mandato de Luciano Ducci, em 2010, mantendo a mesma prática que já era adotada pelo ex-prefeito Beto Richa, desde 2007.
Correio do Brasil
  

Comentários