Tráfego é intenso em direção à região dos Lagos na Niterói-Manilha


Via opera com faixa reversível no sentido Rio para facilitar trânsito de saída para o Carnaval
Os motoristas encontravam tráfego congestionado às 11h desta sexta-feira (17), na rodovia Niterói-Manilha (BR-101), em direção à região dos Lagos, devido à grande movimentação de saída para o feriado do Carnaval. Havia lentidão na chegada ao Trevo de Manilha, entre os quilômetros 298 e 297, em direção ao Espírito Santo. No sentido Rio, o tráfego estava intenso entre os quilômetros 288 e 299. 
O trânsito operava com uma faixa reversível entre os quilômetros 291 e 299 no sentido Rio para facilitar o fluxo em direção à região dos Lagos e aos municípios do norte fluminense. 
Mais cedo, um motociclista morreu na rodovia Niterói-Manilha após bater em um carro em São Gonçalo, na região metropolitana. Segundo a concessionária que administra a via, o motociclista tentou mudar de faixa na altura do km 307, no bairro de Itaúna, na pista sentido Espírito Santo, e acabou colidindo com o outro veículo. 

Ainda de acordo com a concessionária, o motociclista estava sem capacete e bateu com a cabeça no asfalto. 

Na ponte Rio-Niterói, o tráfego estava normal às 11h nos dois sentidos. O tempo de travessia neste horário era de 13 minutos. O mesmo acontecia na via Lagos.

Na rodovia Rio-Juiz de Fora (BR-040), um acidente deixava o tráfego em meia pista em Itaipava, na região serrana do Rio, no km 42, em direção à capital fluminense. De acordo com a concessionária que administra a via, um caminhão de tijolos bateu em um ônibus e a carga caiu na pista. Na batida, o motorista do ônibus sofreu ferimentos moderados e foi levado para o Hospital Santa Teresa, em Petrópolis. Nenhum dos 50 passageiros do coletivo se feriu. O trânsito apresentava retenções às 9h. 


Ainda na BR-040, o trânsito também operava em meia pista no km 38, em direção ao Rio, para a retirada de óleo da via. Na última quinta-feira (16), um caminhão de combustível explodiu na altura de Areal. O motorista do caminhão sofreu ferimentos moderados e foi levado para um hospital em Três Rios, no sul fluminense. 

A rodovia operava em meia pista ainda nos quilômetros 34, 40, 41 e 54, e em mão-dupla no km 1, no sentido Rio, devido a obras. 

Na Baixada Fluminense, havia lentidão entre os quilômetros 121 e 125, em direção ao Rio, por causa do excesso de veículos na linha vermelha e na avenida Brasil.



Comentários