Em Cabo Frio, Plano de Cargos e Salários já está na Câmara de Vereadores


Carlos Medeiros
O Plano de Cargos e Salários (PCS) do funcionalismo público de Cabo Frio já está na Câmara  Municipal de Cabo Frio para ser apreciado e, posteriormente, votado pelos vereadores. Em forma de Lei o PCS foi encaminhado pelo Executivo, e agora segue a tramitação regimental no Legislativo.

Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Fabinho da Saúde, o PCS é antiga reivindicação dos servidores estatutários, e sua aprovação vai eliminar várias distorções e consolidar a extratificação de cargos e funcções nas administrações direta e indireta.


- Isso vai repercutir na valorização do servidor, pois permite se criar um plano orgânico de todos os cargos, atendendo, no mínimo, 12 mil servidores. Estamos agendando uma reunião entre um grupo de fiscais fazendários e os presidentes da Associação dos Fiscais e do Sindicato dos Servidores de Cabo Frio, Samuel Bento e Olney Vianna, respectivamente para debatermos vários itens do PCS. O funcionalismo cabofriense aguarda há pelo menos duas décadas a implantação do PCS. O Executivo fez a sua parte, e agora temos que ouvir os principais interessados que são os servidores, até porque com o plano vai se mexer também nos salários e reenquadramentos de servidores em vários cargos. É um avanço, com certeza - disse Fabinho, acrescentando que há um clima muito positivo para aprovação do PCS, que deverá passar ainda pelas Comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e Finanças e Orçamento, já que os vereadores podem propor emendas, de acordo com o Regimento Interno da Casa - finalizou o vereador.

Comentários

Anônimo disse…
Gostaria de saber se o PCS sera para todos os funcionarios publicos efetivados? Obs: sem exceção... pois ja sou que pelo menos duas categorias nao entrarão nesse quadro.. gostaria de mais esclarecimetos se possivel.. grato.
Anônimo disse…
Interessante. Na semana passada Silas Bento disse durate a sessão, na qual estava presente o SEPE, que até aquela data não tinha chegado nenhum plano de cargos e salários para apreciação da Câmara. Na oportunidade, Alfredo Gonçalves não se pronunciou sobre isso, sendo que foi ele quem disse que o plano estava na câmara. Tá registrado no blog dele e tudo.
Já o blog da Telma Flora dá a entender que o vereador Fabinho da Saúde recebeu o tal plano.
Acho que na verdade esse plano de cargos e salários nem existe.
Anônimo disse…
Vamos torcer para que exista sim, e que todos possam ter que se prestigiar desse fato histórico e gratificante que os funcionarios tanto desejam e merecem!