Em Campos, profissionais cruzam os braços e município amanhece sem transporte público


Os rodoviários participaram de uma assembleia ao lado do sindicato; eles alegam que benefícios e salário não foram pagos.
A maior cidade do interior do estado amanheceu sem transporte público. Os ônibus das linhas municipais não estão circulando em Campos. A informação é do Sindicato dos Rodoviários. Os profissionais decidiram cruzar os braços na noite de quinta (8) depois de mais atrasos nos salários.
Na noite da quinta-feira (8), rodoviários participaram de uma assembleia ao lado do sindicato que representa a categoria. Eles alegam que algumas empresas de ônibus não estão pagando benefícios como férias e o fundo de garantia, além do salário do mês de fevereiro.
Mais de 40 pessoas participaram da reunião que durou pouco mais de uma hora. Em busca de uma solução, rodoviários aguardavam um parecer do sindicato.
Ao final da assembleia, os rodoviários decidiram pela paralisação das atividades a partir desta sexta-feira (9). Uma audiência já foi marcada no Ministério do Público do Trabalho para decidir o futuro do transporte rodoviário no município.
O problema do transporte rodoviário em Campos já vem se arrastando por um bom tempo. Em janeiro deste ano, a categoria decidiu pela greve. As empresas alegavam que a Prefeitura não estava repassando o dinheiro do cartão Campos Cidadão.
A Prefeitura de Campos informou que a auditoria para verificar o uso dos repasses em 2011 ainda não foi concluída, por isso o pagamento de parte do repasse do Campos Cidadão ainda  não foi feito. A auditoria deve ficar pronta na primeira quinzena de abril.
A Prefeitura confirmou a participação de representantes na audiência com o Ministério do Trabalho nesta sexta (9). A audiência vai acontecer às 10h e terá a participação de representantes da Prefeitura, do Sindicato e das empresas de ônibus. Desde quinta (8) a INTER TV tentou falar com o representante das empresas, Antônio Tatagiba, mas não conseguimos contato.

do Bom dia Rio

Comentários