Em Iguaba, homem preso com drogas foi condenado pelo assassinato do menino João Hélio, afirma PM


 joao helio
Ele já tinha cumprido pena em um abrigo para menores infratores há dois anos
Foto: Reprodução / Rede Record
João Hélio tinha seis anos quando morreu ao ser arrastado por quatro bairros do Rio
Policiais militares de Iguaba Grande, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, prenderam no final da manhã desta terça-feira (20) três homens por envolvimento com tráfico de drogas. De acordo com os PMs, um dos suspeitos é um dos condenados pelo assassinato do menino João Hélio, na zona norte do Rio, em 2007. O suspeito, que era adolescente na época do crime, já tinha cumprido pena em um abrigo para infratores, em 2010.
Os três suspeitos foram abordados pelos policiais quando estavam em um carro particular no bairro de Pedreira. Durante a vistoria do veículo, os policiais encontraram uma arma e drogas.
Eles foram levados para a Delegacia de Iguaba (129º DP). Até às 12h50 desta terça-feira o caso ainda estava sendo registrado e a polícia não tinha informado a quantidade nem o tipo de drogas apreendidas.


O menino João Hélio Fernandes Vieites, que tinha seis anos, morreu após ser arrastado por quatro bairros da zona norte do Rio, preso ao cinto de segurança do carro dos pais. A mãe, uma amiga e a irmã de 13 anos conseguiram escapar, mas o garoto ficou preso ao cinto quando os quatro assaltantes arrancaram com o veículo. Os ladrões ignoraram e continuaram a fuga, arrastando a criança pelo asfalto.
Do R7

Comentários