Em Macaé, médico é preso por suspeita de esconder armas de traficantes


No local da prisão foram encontrados armas e munições, além de uma sala de cirurgia
Policiais da Delegacia de São Pedro da Aldeia (125ª DP) prenderam nesta quinta-feira (1º) um médico e o caseiro dele em um sítio, em Glicério, distrito de Macaé, no norte do Estado. Os agentes receberam denúncias de que o sítio era usado por traficantes da favela Malvinas para esconder armas e munição.
No local, os policiais encontraram seis espingardas de diversos calibres, uma prensa para recarregar munição, 20 kg de pólvora, grande quantidade de cartuchos, chumbo e munição para diversos calibres.
Além do armamento, foram encontrados no local, uma sala cirúrgica improvisada, com cama, equipamentos e remédios, indícios de que o local era usado para a realização de pequenas cirurgias.
O médico alegou que as armas e a munição eram usados de brincadeira, como uma espécie de hobby. Ele e o caseiro foram levados para a 125ª DP, onde vão prestar esclarecimentos.

R7

Comentários