Na região dos Lagos, grupo de estudantes faz manifestação para garantir acesso gratuito aos ônibus


Os estudantes de Casimiro de Abreu, Cabo Frio e Rio das Ostras pararam os ônibus e bloquearam a passagem em Barra de São João.
Os estudantes de Casimiro de Abreu, Cabo Frio e Rio das Ostras fizeram uma manifestação ontem (8), para pedirem o acesso gratuito aos ônibus para irem à aula. O grupo parou os ônibus e bloqueou a passagem na Ponte de Barra de São João por mais de 1h. A polícia não conseguiu liberar a pista para os carros e o engarrafamento chegou a 5 Km.

De acordo com estudantes e pais de alunos, o problema se arrasta desde início do período letivo. Os cartões de embarque provisórios não funcionam, os novos não chegaram e, ainda de acordo com os manifestantes, motoristas e cobradores impedem o embarque de alunos uniformizados e com identificação escolar.
No início de fevereiro, a INTER TV mostrou o problema dos ônibus lotados e que, muitas vezes, sequer paravam. Na época a Secretaria de Estado de Educação informou que 65 mil cartões provisórios foram distribuídos em todo o estado, com validade até 31 de março. E afirmou, ainda, que os estudantes que não tivessem nenhum dos cartões poderiam embarcar de graça usando uniformes e apresentando documento de identidade e declaração escolar.
Ao contrário disso, o gerente regional da empresa responsável informou que os alunos só circulariam nos ônibus com o cartão. Determinação que, de acordo com os estudantes, prevaleceu.
Quem não tem condições de pagar pelo transporte todos os dias, muitas vezes vai caminhando ou deixa de ir à escola. Diante do impasse, pais e estudantes cobram uma solução.
A Secretaria de Estado de Educação informou que os alunos que não receberam o cartão de gratuidade devem entrar em contato com a direção da escola onde estudam para que façam a solicitação. Disse ainda que para evitar que alguns alunos ficassem sem os cartões no início do ano, foram emitidos cerca de 80 mil cartões provisórios, que já foram distribuídos para as 14 diretorias regionais. A assessoria de imprensa das empresas Viação 1001 e Macaense disse que não ia comentar o assunto antes conversar com a Secretaria Estadual de Educação.

do RJ INTER TV 2ª Edição

Comentários

ERONEI disse…
O governador não tem zelo pela educaçao públiica; alunos estão sem iniciar o ano letivo, até hoje 09/03/2012, por falta de transporte:A
qualidade da educação foi avaliada como a penúltima colocada em termos de qualidade, só perdeu para o Piauí, com todo respeito ao Piauí; Os profssores são mal pagos e infelizes por serem professoras, por conta da desvalorização.__ Mas
perguntem ao governador como é a questãão dos ares-condicionados colocados dois por sala em cada sala-de-aula... e a internet Oi velox que não funciona, dada a cada professor, indistamente, como é o trâmite para o Estado obter tais tecnologias? Eronei Leite