PT decide neste domingo o seu destino politico nas próximas eleições.


 
“Neste domingo na sede do partido vamos definir o que é melhor para o PT”- afirma Mauro Acerola presidente do Partido dos Trabalhadores de Búzios, ao ser perguntado se a legenda vai lançar candidatura própria, fechar com a situação ou oposição nas eleições.

Por Leyla Adriana

Agorabuzios - Qual a situação atual do PT de Búzios?
Mauro Acerola - O PT de Búzios está com mais de 200 filiados, um aumento de mais de 500%. Somos outro PT, os radicais de ultra esquerda saíram. Temos hoje também o PT jovem e um pessoal altamente gabaritado. Somos um partido que está com 14 pré-candidatos, legenda completa, coisa que nunca se conseguiu antes.

Agorabuzios - Na política do município qual é a postura hoje do PT?
Mauro Acerola - É a mesma de sempre, queremos legalidade, e lisura com a coisa publica. Temos vários projetos para implantação de uma política pública de verdade: projeto de estudo tempo integral sem precisar construir nenhuma escola, implantação do polo universitário etc..


Agorabuzios - E o meio-ambiente?
Mauro Acerola - Primordial no PT, o respeito pelo meio-ambiente, o que não se vê em Búzios. Entra governo e saí governo, o trato com o meio-ambiente, a cultura que deveria ser uma das melhores secretarias, é nenhum. O trato, a habitação de pessoas que não tem onde morar é nenhum. O município, a gente considera que está com falência múltipla dos órgãos, nenhum órgão funciona. O que tem que se trocar em Búzios é a politica que é praticada na cidade, de assistencialismo, nepotismo, diminuir os quadros, aplicar esse dinheiro no funcionário público, dar melhor treinamento.

Agorabuzios - Como você vê os pré-candidatos ao executivo do município?
Mauro Acerola - Acho que todos os candidatos que estão se apresentando tem condições. Mas, baseado nas pesquisas que fizemos, os dados mostram que a população está rejeitando toda essa politica do município seja situação, ou oposição. Esse fruto é dos erros que vem ocorrendo desde a emancipação de Búzios. Pergunte às pessoas se a vida delas melhorou ou piorou. Temos que ter cidadãos ricos, o município só é rico quando a população é rica em saúde, educação e qualidade de vida em um todo. Hoje nós não temos quadro para competir com ninguém, um garoto de Búzios dificilmente passa em um concurso a não ser que ele possa pagar um curso de reforço.

Agorabuzios - Para você, também se a oposição dividir, Mirinho leva?
Mauro Acerola - A oposição tem razão. Se dividir, realmente a maquina que já tem um numero de votos saí com essa vantagem de vencer. Mas também temos que ler o que o cidadão está querendo dizer. A política em Búzios mudou, a cabeça do cidadão mudou.

Agorabuzios - o PT seria a terceira via?
Mauro Acerola - Terceira via é uma via paralela. Nós somos uma via diferente somos uma nova via. Estamos tentando uma via diferente, porque todos esses pré-candidatos, hoje são pessoas respeitadas, mas todos já passaram pelo processo administrativo de Búzios. Já apresentaram os seus resultados e a população está querendo mudança. Estamos trabalhando uma politica em longo prazo.

Agorabuzios - Qual a condição do partido ir para a oposição ou situação, e de lançar o seu candidato?
Mauro Acerola - É igual para todos. Queremos mostrar um projeto de politicas publicas novo. Como também deles apoiarem o PT no projeto de uma candidatura própria. Neste domingo o partido se reúne para definir se vamos lançar ou não uma pré-candidatura ao executivo de Búzios. Estamos tentando entrar com uma candidatura nova.

Agorabuzios - Quem seria esse nome?

Mauro Acerola - O partido tem cogitado o meu. Inclusive nas ruas as pessoas me perguntam por que eu não venho como candidato ao executivo do PT. Neste domingo o partido e seus filiados irão definir a posição do partido. 

Comentários