Araruama: mau tempo adia passeata pelo Dia Nacional de Combate à Exploração e Abuso Sexual

 Foto: Renato Seixas
 Devido ao mau tempo, a Secretaria Municipal de Política Social, Trabalho e Habitação (Sepol) de Araruama adiou para o próximo dia 1º, às 16 horas, a passeata que estava programada para hoje, como parte das atividades do Dia Nacional de Combate à Exploração e Abuso contra a Criança e o Adolescente. A concentração será na Praça da Bíblia (próximo à rodoviária) e seguirá em direção à Prefeitura da cidade.


Apesar do tempo nublado, as outras atividades foram mantidas, e movimentaram a Praça da Bíblia durante toda a manhã com distribuição de material de conscientização. O evento foi organizado em parceria pela Sepol (através do CREAS),  Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente (NACA), Fundação para Infância e Adolescência (FIA) e Secretaria Municipal de Educação.
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído pela Lei Federal 9.970/00 e é considerado uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”.  Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados. Apesar de sua natureza hedionda, até hoje é um crime impune.
Para facilitar o trabalho de denúncia o Governo Federal criou o “Disque 100” que possibilita que o cidadão denuncie os casos de violação dos direitos humanos contra crianças e adolescentes. Em Araruama, as denúncias também podem ser encaminhadas ao Ministério Público (22) 2665-1134; Conselho Tutelar (22) 2665-5775; CREAS (22) 2665-5642 e NACA (22) 2665-1717. O atendimento é gratuito e a denúncia poderá ser feita de forma anônima.




Comentários