Estudantes e professores de universidades federais protestam no centro do Rio


Manifestantes reivindicam mais investimento em educação

Alunos e professores de quatro universidades federais do Rio, em greve desde o último 17 de maio, organizaram um protesto na tarde segunda-feira (28) contra o governo federal, na praça 15, centro do Rio de Janeiro.
Os manifestantes reivindicam que 10% do  PIB (Produto Interno Bruto do Brasil) seja investido em educação, o que acarretaria também em melhores salários para os professores. Além disso, exigem mais concursos públicos, livros novos e mais segurança nos campus.
Mais cedo, alunos da UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio), uma das que participa do protesto, se reuniram em frente ao HemoRio, no centro, onde doaram sangue como forma de protesto.

Comentários