A repercussão das farras milionárias de Cabral e companhia


Do Blog do Garotinho
Charge de Aroeira, do jornal O Dia
Charge de Aroeira, do jornal O Dia


Na nossa próxima postagem vocês vão ver a performance de Cabral e Wilson Carlos dançando rap em Paris. Mas antes mostro a repercussão na imprensa do Rio. Aliás, como podem conferir abaixo, até o jornal O Globo publicou um mini-editorial onde bate na mesma tecla que eu venho martelando aqui no blog: Cabral e seus secretários têm que provar que seus gastos nas viagens e farras européias não foram pagas por Fernando Cavendish. Cabral está à beira de um ataque de nervos porque sua máscara foi arrancada.


Reprodução do Globo
Reprodução do Globo


Por dever de justiça quero registrar que o jornal O Globo só comete uma imprecisão porque o conselheiro do TCE, Aloysio Neves na época da viagem ainda não estava no tribunal. Mas a mensagem eu assino embaixo. Não adianta Cabral mandar dizer através de nota oficial que pagou suas próprias despesas. Tem que mostrar os recibos, afinal a palavra de Cabral hoje vale menos que uma nota de 30 reais que não existe. É um mentiroso patológico.

Reproduzo também a manchete da capa do Extra que é pra deixar qualquer servidor da saúde e os trabalhadores de um modo geral revoltados. Aliás, posso imaginar também a indignação de bombeiros, policiais e professores, categorias a quem Cabral negou aumento alegando não ter dinheiro, vendo tudo o que o nosso blog já mostrou.


Reprodução da capa do Extra
Reprodução da capa do Extra


Mas, portanto, aguardem que mais tarde vamos mostrar a imagem do deboche de Cabral dançando e rindo enquanto torra o dinheiro do povo em Paris.

Em tempo: Também vou revelar uma informação que recebi de uma fonte da secretaria de Segurança Pública, que envolve o assalto à casa de Pezão. Vocês vão se surpreender. 

Comentários