Bom dia! Vamos com as principais notícias dos jornais deste sábado, 30 de junho.


Grande SP vive explosão de mortes


Anfitriã da cúpula do Mercosul, a argentina Cristina Kirchner entrega pintura do presidente venezuelano Hugo Chávez ao chanceler do país


Jornais nacionais
Folha de S.Paulo

Agora S.Paulo

O Estado de S.Paulo
Com Paraguai fora, Mercosul abre as portas à Venezuela

O Globo
Brasil é menos católico e ainda mais evangélico

Correio Braziliense
Caixa de Pandora: Gurgel denuncia Arruda e mais 36

Estado de Minas
A batalha da fé

Zero Hora
Estado tem a maior diversidade religiosa do país, mostra IBGE
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Relutância em alguns Estados sobre expansão

The Washington Post (EUA)
Sem energia após a tempestade

Le Figaro (França)
Mercados aplaudem acordo surpreso

El País (Espanha)
A UE avança para salvar o euro

Clarín (Argentina)
Scioli divide o bônus e os sindicatos anunciam greves


O Globo
 
Manchete: Censo do IBGE: Brasil é menos católico e ainda mais evangélico
Sem religião também crescem; no Rio, fiéis da igreja são menos de 50%
O Brasil, com frequência apontado como maior país católico do mundo, registrou pela primeira vez na história dos Censos do IBGE queda no número absoluto de pessoas que se declaram assim. Nas décadas anteriores, o instituto já registrava uma diminuição proporcional, mas isso acontecia porque eles cresciam em ritmo menor do que outros, perdendo, portanto, espaço relativo no total da população. Desta vez, no entanto, houve diminuição de 1,6 milhão de fiéis de 2000 para 2010. No mesmo período, evangélicos aumentaram em 16 milhões, de 15% para 22%. Os sem religião também ganharam mais espaço: de 7,4% para 8%. Apesar da queda, católicos ainda são o grupo predominante no país, com 65% do total. No Rio, no entanto, pela primeira vez eles aparecem com menos de 50% da população do estado.(Págs. 1 e 3 a 9)
Mensalão do DEM tem 37 denunciados
O Ministério Público denunciou 37 acusados de participar do mensalão do DEM, esquema de desvio de recursos do governo do DF. O STJ livrou o deputado José Nobre Guimarães (PT-CE) de envolvimento no episódio do “dólar na cueca”, protagonizado por um assessor. (Págs. 1 e 12)
TST divulga salários na internet
O TST foi o primeiro tribunal a colocar na internet os salários de todos os seus servidores, como determina a Lei de Acesso. O STF divulgou ontem apenas os vencimentos de seus 11 ministros. (Págs. 1 e 14)
Europa ajuda bancos e bolsas disparam
Para salvar o euro, a Alemanha cedeu e a Europa aprovou o socorro a bancos e a compra de títulos da dívida de países como Espanha e Itália. Com a decisão, as bolsas subiram até 6,5%. (Págs. 1 e 31 e editorial “Europa acerta”)
Venezuela é impedida de retaliar Paraguai
País foi pressionado a não cortar fornecimento de diesel após ser aceito como membro do Mercosul

A Venezuela, que batia à porta do Mercosul desde 2004, conseguiu ser admitida após a suspensão do Paraguai, que impedia o acesso do país. O governo Chávez, no entanto, foi impedido de cortar o diesel do Paraguai, como anunciara, por pressão dos demais presidentes em Mendoza, na Argentina. Dilma ameaçou fazer a Petrobras fornecer o combustível se não houvesse recuo. Para analistas, a Venezuela fragiliza o bloco. (Págs. 1 e 38)

Jorge Bastos Moreno
Nunca vi coisa igual na política: todos que apostaram contra Gilberto Kassab perderam. (Págs. 1 e 3/Nhenhenhém)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
 
Manchete: Mercosul aproveita ausência do Paraguai e inclui Venezuela
Suspensos do bloco desde o impeachment de Lugo, paraguaios barravam país de Hugo Chávez

Aproveitando a ausência do Paraguai, suspenso do bloco desde o afastamento de Fernando Lugo, o Mercosul aprovou a adesão plena da Venezuela, quinta economia da América Latina.

O Parlamento paraguaio era o único que ainda não havia ratificado a entrada da Venezuela no bloco, o que impossibilitava o ingresso do país comandado por Hugo Chávez no grupo. (Págs. 1 e A18 / Mundo)

PT foi vítima de preconceito em São Paulo, diz Haddad
Escolhido para tentar devolver o poder ao PT em São Paulo, Fernando Haddad, 49, diz a Bernardo Mello Franco que o partido sofreu preconceito nas duas vezes em que esteve na prefeitura. Ele acusou José Serra de não se interessar pelos problemas da Cidade. (Págs. 1 e A10 / Poder)
Número de católicos cai no país pela 1ª vez
Pela primeira vez, o número de católicos diminuiu no Brasil. Segundo dados do Censo, entre 2000 e 2010, a religião perdeu 1,7 milhão de adeptos. Com o recuo, os católicos somam agora 123,3 milhões - o que representa 64,6% da população brasileira. Até 1970, essa proporção superava os 90%.

Por outro lado, as religiões evangélicas atraíram 16,1 milhões de fiéis e hoje somam 42,3 milhões (22,2% da população). Os sem-religião e espíritas também aumentaram, embora tenham peso menor. (Págs. 1 e A16 / Poder)

Helio Schuartsman: País caminha para um feito raro, que é o de mudar a religião hegemônica. (Págs. 1 e A2 / Opinião)
Procuradoria denuncia 37 no caso do "mensalão do DEM" (Págs. 1 e A14)

Editoriais
Leia “Enfim, algo de novo”, sobre reunião de cúpula da União Europeia, e “O eleitor que se defenda”, acerca de reavaliação das regras eleitorais. (Págs. 1 e A2 / Opinião)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
 
Manchete: Com Paraguai fora, Mercosul abre as portas à Venezuela
Ingresso do país como sócio pleno, previsto para 31 de julho, só foi possível graças à suspensão dos paraguaios

A presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou ontem durante reunião, de cúpula em Mendoza que a Venezuela será incorporada como o quinto sócio pleno do Mercosul em 31 de julho. A entrada de Caracas, que ocorrerá em cerimônia no Rio, só foi possível graças à ausência temporária do Paraguai do bloco, após a destituição do presidente Fernando Lugo. Um impasse no Senado paraguaio impedia a adesão dos venezuelanos, mas o país está suspenso das reuniões do Mercosul. Segundo Cristina, as sanções continuam até que o Paraguai tenha “o pleno restabelecimento da ordem democrática”. A presidente Dilma Rousseff convidou todos os interessados a se integrar ao bloco. “Com isso, vamos fazer jus ao tamanho da América Latina. (Págs. 1 e A17 / Internacional)

Chávez: ‘Derrota imperialista’

Em Caracas, o presidente Hugo Chávez disse que a entrada da Venezuela “é uma derrota do imperialismo e das burguesias lacaias”. (Págs. 1 E A17 / Internacional)

Fotolegenda: Cúpula. Dilma e 0 chanceler Patriota na reunião do Mercosul que aceitou a Venezuela: decisão ‘inquestionável’
Igreja Católica perde 465 fiéis por dia em 10 anos
Na última década, a Igreja Católica teve uma perda sem precedentes no Brasil, embora continue a religião majoritária, mostram dados do Censo divulgados ontem. A população que se declara católica encolheu pela primeira vez em números absolutos - em 2010 havia quase 1,7 milhão menos que em 2000. Em média, a Igreja perdeu 465 fiéis por dia. Há 50 anos, 93% da população era católica; em 2010, caiu a 64,6%. O crescimento da fatia de evangélicos é a maior causa do recuo dos católicos. Eles agora são 42,2 milhões, 16 milhões mais que em 2000 - ou seja, 4.383 novos fiéis por dia. O aumento desse contingente é puxado pelos pentecostais e por um novo fenômeno do mundo evangélico, o fiel que não se vincula a nenhuma igreja - a Universal, por exemplo, perdeu 10% de seus seguidores. “A religião passa a ser um aspecto da vida social, onde é permitido experimentar”, diz a pesquisadora Silvia Fernandes. (Págs. 1, A24 e A25 / Vida)
Perillo dobrou patrimônio ao assumir governo
No ano em que assumiu o governo de Goiás e, segundo a PF, vendeu uma casa ao contraventor Carlinhos Cachoeira, o governador Marconi Perillo (PSDB) dobrou seu patrimônio com a compra de imóveis e cotas numa empresa. (Págs. 1 e A4 / Nacional)
Linha branca e móveis ganham redução de IPI
O governo prorrogou a redução do IPI para os segmentos de linha branca (dois meses) e móveis (três meses). Como contrapartida, os fabricantes terão de repassar a vantagem ao consumidor e manter o nível de emprego. (Págs. 1 e B1 / Economia)
Mensalão do DEM tem 37 denunciados (Págs. 1 e A8 / Nacional)

Greve suspende matrículas pelo Sisu (Págs. 1 e A26 / Vida)

Celso Ming: União bancária no euro
O acordo fechado ontem pode não ser suficiente para tirar o euro da beira do precipício, mas é substancial avanço nessa direção. (Págs. 1 e B2 / Economia)

Notas & Informações: A Europa avança sob pressão
Os europeus avançam na direção certa, mas falta conferir se a união monetária sobreviverá (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
 
Manchete: Caixa de Pandora
Gurgel denuncia Arruda e mais 36

“Siga o dinheiro.” Inspirado na célebre frase do caso Watergate, que levou à queda do presidente americano Richard Nixon em 1974, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, denunciou ontem 37 pessoas, entre políticos e empresários, como integrantes do esquema de corrupção conhecido como Caixa de Pandora. Dois anos e sete meses atrás, o escândalo derrubou todo o primeiro escalão do GDE. Entre os denunciados, estão o então governador, José Roberto Arruda; seu vice, Paulo Octávio; deputados distritais - Aylton Gomes (PR), Benedito Domingos (PP) e Roney Nemer (PMDB)— e ex-parlamentares: Eurides Brito, Leonardo Prudente, Júnior Brunelli, Benício Tavares, Odilon Aires, Pedro do Ovo, Berinaldo Pontes e Rogério Ulysses. Durval Barbosa, delator do esquema, é apontado como um dos integrantes do grupo. Joaquim Roriz escapou da denúncia por ter mais de 70 anos. O processo vai tramitar no STJ. (Págs. 29 e 30)
Católicos em fuga, evangélicos em alta
O Censo confirma o que o próprio Vaticano já sabia, tanto que marcou para o ano que vem uma visita do papa ao Brasil: a principal religião do país está perdendo fiéis. E a maioria migra para as igrejas evangélicas. Segundo o IBGE, em 10 anos a Santa Sé viu a deserção de 1 milhão de devotos—ainda são 123,2 milhões. Enquanto isso, os protestantes cresceram 61% em relação à pesquisa de 2000, atingindo hoje 42,3 milhões de pessoas. No DF o percentual de católicos está abaixo da média nacional. (Págs. 10 e 11)
Transparência: TJ proíbe salários na internet
Decisão liminar de desembargador, atendendo a pedido de sindicato, determina que seja suspenso o acesso público ao salário dos 190 mil servidores do GDF. O governo anuncia que vai recorrer. Após denúncia do Correio, União promete corrigir falhas na divulgação de vencimentos. (Págs. 2 e 31)

Funcionalismo: Aumento pode custar R$ 60 bi
Se o governo atender às reivindicações salariais dos servidores civis do Executivo, o impacto no Orçamento de 2013 será mais que o dobro do valor destinado ao programa Brasil sem Miséria: R$ 42,7 bilhões. (Págs. 1 e 16)
Mercosul pune Paraguai e faz mimo a Chávez
Mendoza (Argentina) — Bloco formalizou ontem a suspensão temporária de Assunção, em retaliação ao impeachment de Lugo, e anunciou a incorporação da Venezuela como membro pleno, a ser concluída em 31 de julho. (Págs. 1 e 24)
Gasolina: Subiu. E você é quem vai pagar
O governo prometeu que a alta de 7,83% no preço dos combustíveis não chegaria ao consumidor. No DF, semana passada, havia gasolina a R$ 2,39 o litro. Ontem, postos já cobravam entre R$ 2,84 e R$ 2,85. (Págs. 1 e 14)
------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
 
Manchete: A batalha da fé
Número de católicos cai em todo o país de 2000 a 2010. Em Minas, a redução ficou abaixo da média nacional. Já os evangélicos cresceram no período
De acordo com analistas, o apego dos mineiros do interior aos santos e ao terço deixou o estado acima da média brasileira de perda de fiéis e entre s nove com mais seguidores da Igreja romana. A parcela da população urbana católica em Minas é também maior (67,9%) do que a do país (62,1%). Em Belo Horizonte, 59,9% dos moradores são católicos, 25,1% evangélicos, 8% sem religião e 4,1% espíritas. Os dados são do Censo 2010 do IBGE.

Essa foi a maior redução católica de todos os levantamentos. Para o professor Flávio Senra, da PUC Minas, a dificuldade da Igreja Católica em manter seu rebanho é reflexo da falta de alcance da instituição. “Os evangélicos agregam com facilidade tecnologias e meios modernos de comunicação.” Além disso, usam outros recursos, entre os quais as palavras de obreiros como Antônio Carlos (E), da Igreja Batista da Lagoinha.

64,6% é a porcentagem atual de brasileiros seguidores da Igreja Católica, contra 73,6% em 2000.

22,2% da população do país seguem a religião evangélica. Há 10 anos, eram 15,4% da população. (Págs. 1, 21 e 22)

Eleições: Campanhas de adversários focam Lacerda
Candidatos do PMDB, PV e PTB mandam recado ao prefeito: vão evitar confrontos entre si para concentrar críticas na atual administração. Convenções partidárias vão definir hoje os nomes de quem concorrerá à Prefeitura de Belo Horizonte. (Págs. 1 e 4)
Aprovação de Dilma em alta
A parcela da população que considera o governo da presidente ótimo ou bom atingiu 59%, maior índice desde a posse, segundo pesquisa CNI/Ibope. Resultado supera o dos ex-presidentes Lula e Fernando Henrique. (Págs. 1 e 8)
Prorrogado IPI menor da linha branca e móveis
Depois de afirmar que não estenderia a desoneração, o governo federal voltou atrás e anunciou ontem que a medida de estímulo à economia continuará. A redução, que acabaria hoje, vai durar mais dois meses para geladeiras, máquinas de lavar e fogões. Móveis, laminados e revestimentos, luminárias e papel de parede ganharam mais três meses de desoneração. (Págs. 1 e 14)
RIO+20: Reflexão pós-encontro mostra o que há a ser feito (Págs. 1 e Especial)

Mercosul: Crise no Paraguai abre vaga para a Venezuela (Págs. 1 e 19)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
 
Manchete: Mução liberado após irmão assumir culpla
Radialista havia sido preso quinta-feira no Ceará e transferido ontem para Pernambuco, acusado de integrar rede de pedofilia. Irmão teria usado a senha dele para divulgar pornografia na web. (Págs. 1 e cidades 6)
Governo mantém redução do IPI
Prorrogação vale por dois meses para eletrodomésticos da linha branca e por três meses para móveis. (Págs. 1 e economia 1)
Evangélicos ganham espaço em Pernambuco
Estado já é o maior reduto de protestantes da Região, com quase 1,8 milhões de fiéis. (Págs. 1 e cidades 6)
Dilma atinge maior índice de popularidade
Pesquisa CNI/Ibope aponta ue governo tem avaliação melhor que Lula e FHC. (Págs. 1 e 9)
Fotolegenda: João Paulo vice de Humberto
PT entra com suas duas maiores estrelas na eleição do Recife. Senador aproveitou conveção para criticar Geraldo Júlio, do PSB. (Págs. 1 e 4)
Fotolegenda: Mendonça descarta isolamento
Deputado aproveitou conveção para se colocar como verdadeira oposição no Recife e como candidato com lado definido. (Págs. 1 e 3)
Mais convenções
Serão homologados hoje, Geraldo Júlio (PSB) e Daniel Coelho (PSDB) para a disputa pela PCR. (Págs. 6 e 7)
------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
 
Manchete: Estado tem a maior diversidade religiosa do país, mostra IBGE
Dados do Censo de 2010 apontam fenômenos curiosos no RS, como abrigar o
município mais católico, o mais umbandista e o mais sem religião. (Págs. 1, 28 e 29)
Entra e sai no Mercosul
Na reunião em que Dilma assumiu presidência, parceiros confirmaram suspensão do Paraguai e inclusão da Venezuela. (Págs. 1 e 26)
Mais prazo IPI menor é prorrogado para ajudar a economia
Móveis e linha branca seguem com descontos, medida comemorada pelo comércio e questionada por especialistas. (Págs. 1 e 18)
Tempo em rádio e TV acirra disputa na Capital
Manuela D’Ávila (PC do B) ganhará mais dois minutos do PSD,partido de seu vice. (Págs. 1 e 8)
Inter: Sábado de definição para o Beira-Rio
CBF terá plantão hoje para aguardar liminar que pode reabrir estádio para jogos. (Pág. 1)
------------------------------------------------------------------------------------

Comentários