Carta Capital acusa Veja de plagiar reportagens da Folha, Estadão e Brasil 247

veja_-_cartaNathália Carvalho
Na tarde dessa segunda-feira, 4, a repórter Cynara Menezes, da revista Carta Capital, publicou um texto intitulado "Control C + Control Veja", que acusa a revista da Editora Abril de plagiar trechos de reportagens de três veículos. 
"O 'documento' que a semanal da Abril alardeia ter sido produzido pelo PT como estratégia para a CPI de Cachoeira é, na verdade, um amontoado de recortes de reportagens de jornais, revistas e sites brasileiros", ataca Cynara no blog que mantém no site da Carta Capital.

A revista Veja afirma em sua reportagem que o documento que embasou a matéria de capa desta semana foi "preparado pelos petistas para guiar as ações dos companheiros que integram a CPI do Cachoeira". Porém, de acordo com a Carta Capital, os trechos do documento divulgado pela revista da Abril são, na verdade, do Brasil 247, Folha de S. Paulo e Estadão.
O primeiro texto do documento publicado pela Veja afirma que "uma ala poderosa da Polícia Federal, com diversos simpatizantes nos meios de comunicação, não engole há muito tempo o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal". O trecho divulgado pela revista foi produzido em matéria do Brasil 247 que foi ao ar no dia 6 de abril.
Outra parte dos recortes do documento divulgado pela Veja trata-se de um texto publicado na coluna painel da Folha do dia 14 de abril e outro do Estadão, veiculado no jornal em 28 de abril. Na manhã desta terça-feira, 5, o site da Veja publicou matéria em que reafirma ter tido acesso ao documento "produzido por petistas". A reportagem da versão online é assinada pelo editor Daniel Pereira (responsável pela matéria que foi alvo dos ataques de Cynara) e pelo repórter Gabriel Castro.
Matéria de capa da Veja é criticada por jornalista da Carta Capital

Comentários