Diretor do Catraca Livre reclama de jornalistas pensarem que só desgraça é notícia

Priscila Fonseca

Gilberto Dimenstein, diretor do Catraca Livre e colunista da Folha.com, encerrou o 1º Workshop Blogueiros Campeões de Audiência realizado pelo Comunique-se Educação, nesta quinta-feira, 22, em São Paulo. Ele falou sobre o projeto comunitário desenvolvido pelo site, propostas recebidas e o lado negativo do jornalismo que, de acordo com ele, só enxerga o lado ruim da notícia.
dimenstein_-_folha_-_work
Dimenstein quer mais cidadania na mídia
(Imagem: Divulgação/Folha)
"Jornalista tem o defeito de achar que notícia é aquilo que é ruim" disse durante o evento promovido pelo Comunique-se Educação. Entre os assuntos citados por Dimenstein citou prêmio de melhor blog do mundo em português concedido ao projeto em maio deste ano. Ter a equipe com 25 pessoas produzindo conteúdo também foi mencionado.
Porém, avalia que o jornalismo comunitário não é tão divulgado pela mídia. Ele ressaltou a falta de profissionais na área e a ausência de engajamento por parte da imprensa. “São vários fatores que contribuem para que esse tipo de divulgação não exista muito, uma delas, é falta de engajamento.
Sobre o “olhar diferente” em relação à comunicação trabalhada pelo o Catraca, o jornalista afirmou que eles enxergam a  cidade como grande incubadora de serviços e que é preciso destacar todos esse tipos de acessos gratuitos para o público.  “A gente que ser o melhor site que leve à convivência na cidade”.

Comentários