Em livro, ex-mulher de Collor contará sua versão do impeachment

A ex-primeira-dama, Rosane Collor, ex-mulher de Fernando Collor de Mello, irá lançar uma biografia na qual ela espera esclarecer fatos históricos importantes do Brasil, além de contar a sua versão do impeachment sofrido pelo então marido há duas décadas. "Quero contar o meu lado, como me senti, como ele se sentiu, as mentiras, onde estava a vaidade", confessou ao jornal Folha de S. Paulo , criticando a postura de Collor, com quem não fala desde que o divórcio deles teve início, há sete anos.

Ela ainda afirma, sobre o mensalão do governo Lula, que a prática também existiu durante a presidência de FHC.A respeito da briga entre Collor e o irmão Pedro, Rosane acredita que se tratou de inveja. "Caim matou Abel por inveja. O mundo tá cheio disso. É o final dos tempos.", afirmou. Rosane ainda comenta que não descarta a possibilidade de, no futuro, voltar a Brasília como deputada federal pelo Partido Verde.

Comentários