Frente Parlamentar em Defesa do Piso Nacional dos Jornalistas é lançada em Brasília

Com a participação de dirigentes da FENAJ e de 15 Sindicatos de Jornalistas, foi instalada oficialmente na última quarta-feira (30/05/2012), em Brasília, a Frente Parlamentar em Defesa do Piso Nacional dos Jornalistas. Na solenidade, realizada no Salão Verde do Congresso Nacional, foi lançada uma campanha pela aprovação do PL 2960/11, de autoria do deputado André Moura (PSC/SE), que prevê o estabelecimento de um piso nacional para categoria, equivalente a 6 salários mínimos e reajustado anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), para uma jornada de 30 horas semanais.

Além do presidente da FENAJ, Celso Schröder, de diretores da Federação e de lideranças do movimento sindical dos jornalistas nos estados, diversos parlamentares participaram do ato, entre eles a senadora Ana Amélia (PP/RS), o senador Eduardo Amorim (PSC/SE) e os deputados federais Décio Lima (PT/SC), Arnaldo Jordy (PPS/PA), Chico Lopes (PCdoB/CE), Erika Kokay (PT/DF), Domingos Dutra (PT/MA), Geraldo Resende (PMDB/MS), Fátima Bezerra (PT/RN), Paulo Pimenta (PT/RS), Cláudio Puty (PT/BA), Mauro Nazif (PSB/RO) e Keiko Ota (PSB/SP).

O deputado André Moura, líder do PSC e presidente da Frente Parlamentar, ressaltou a importância desta luta, que, segundo ele, “será difícil, mas muito justa e necessária para os jornalistas e para o País”. Respaldando a iniciativa, o presidente da FENAJ disse que o reconhecimento ao importante papel social desempenhado pelos jornalistas começa também com um salário digno.

Falando em nome dos Sindicatos de Jornalistas, a presidente do Sindicato de Sergipe (Sindijor/SE), Carolina Rejane Santos, convocou os parlamentares para a luta pelo piso nacional e também pela defesa do diploma, com a aprovação da PEC 33/2009.

Comentários