Garoto atira na própria cabeça acidentalmente durante chat na internet

Trevor George tinha 19 anos e era estudante da Universidade de Bellevue em Nebraska
omaha
A polícia americana está investigando a trágica morte de Trevor George, de 19 anos, quando ele participava de uma conversa online pela internet. As autoridades ouviram os colegas de chat e afastaram a hipótese de suicídio.

De acordo com a agência de notícias AP, George estava participando de um site de conversa anônimo com pessoas de diferentes países como Austrália, Holanda e Canadá. Este fato impossibilitou reconhecer o local em que a ele se encontrava para o envio de ajuda, quando o acidente foi visto pelos demais internautas.

O acidente ocorreu no início de março, mas nesta segunda-feira (4), a polícia confirmou ter sido um suicídio. Pessoas que participavam da conversa na ocasião, disseram ter visto George manipular uma arma e aproximá-la da cabeça algumas vezes, simulando uma brincadeira. Vídeos com a morte do jovem foram analisados pelas autoridades, confirmando o depoimento das testemunhas.

As imagens também fizeram a polícia afastar a possibilidade de George ter sofrido algum tipo de indução ao crime.

A natureza anônima do site utilizado durante o chat significou um obstáculo para a investigação. Foi quase impossível localizar todas as testemunhas, já que muitas delas estavam fora dos EUA ou em outros Estados americanos.

Um participante do site morador da Flórida foi o denunciante do crime. Ele ligou para a polícia do Estado apenas no dia seguinte, quando entrou no chat e presenciou outros membros comentando o fato.

George era um estudante da Universidade de Bellevue em Nebraska. Ele vivia com os pais, em Omaha, próximo à universidade. Os pais dele estavam em casa quando o jovem efetuou o tiro acidental, mas não ouviram nenhum barulho. Eles só souberam do ocorrido quando a polícia chegou ao local.

Comentários