Imprensa internacional destaca crise entre Lula e STF

A imprensa internacional tem destacado e repercutido a crise institucional ocasionada pela reunião entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, motivada pela notoriedade do líder petista, considerado um dos homens mais influentes do mundo por diversas publicações nos últimos anos, informou o portal do Jornal do Brasilda última quinta-feira (31/5).

Crédito:Agência Brasil
Crise entre Lula e ministro do STF ganha repercussão na imprensa internacional
O New York Times dedicou um longo artigo ao tema. De acordo com o jornal americano,  "o cenário político brasileiro foi abalado com a notícia de que Lula, o líder político contemporâneo mais influente do país, pressionou um juiz da mais alta corte a atrasar o julgamento de um escândalo de compra de votos no Parlamento".
O Washington Post relembrou que o escândalo do mensalão, motivo do conflito, veio à tona em 2005 durante o primeiro mandato de Lula e ressalta que ele "nunca foi responsabilizado e deixou o poder em 2010 com os mais altos nível de popularidade já registrados" no Brasil.

Já o argentino Clarín destaca que "Gilmar Mendes sempre deixou clara sua preferência pela oposição (especialmente suas ligações com o candidato presidencial do PSDB José Serra)" e mencionou também a eclosão da CPMI do Cachoeira nos últimos meses.

Comentários