PEC dos Jornalistas pode ser votada na terça-feira

Devido ao baixo quorum no plenário do Senado, a PEC 33/09, que restabelece a exigência de diploma para o exercício profissional do Jornalismo, não foi a voto nesta quarta-feira (30). A matéria poderá ser apreciada na sessão da próxima terça-feira, 5 de junho. O presidente do Senado, José Sarney, assegurou a dirigentes sindicais dos jornalistas que a PEC será votada em 2º turno no plenário em sessão com grande quorum.
Lida pelo presidente do Senado em segunda sessão de discussão no plenário na terça-feira (29), a matéria está pronta para discussão em terceira e última sessão, o que permite ser votada em 2º turno. Com isso, cresceu a expectativa quanto à possível votação na quarta (30), quando uma grande delegação de dirigentes sindicais dos jornalistas estava em Brasília, participando do lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Piso Nacional da categoria.

O alto quórum de senadores presentes no Senado, no entanto, não se confirmou no plenário, pois paralelamente ocorriam outras atividades, como reuniões de bancadas estaduais com ministros. Com isso, afora matérias que foram aprovadas por votos de lideranças, a PEC 33/09, que requer votação nominal, foi transferida para a próxima sessão deliberativa.

Também na quarta-feira, em audiência com o presidente da FENAJ, Celso Schröder, e com o presidente do Sindicato dos Jornalistas de São Luis (MA), Leonardo Monteiro, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB/AP), assegurou que, por se tratar de matéria que exige quorum qualificado de dois terços dos senadores presentes – no mínimo 49 dos 81 -, a PEC 33 irá a voto quando houver quorum no plenário.

Para o presidente da FENAJ, é forte a possibilidade de que a PEC dos Jornalistas vá a voto no dia 5 de junho. “Mas para assegurar a votação e aprovação em 2º turno, precisamos do empenho e mobilização dos Sindicatos de Jornalistas e da categoria”, registra, conclamando o fortalecimento do movimento de contatos com os senadores de cada estado pela aprovação da matéria.

Comentários