Polícia Federal abre 600 vagas de nível superior


Salários variam entre R$ 7,5 mil a R$ 13,3 mil. Jornada de trabalho é de 40 horas semanais
POR PRISCILA BELMONTE
Três meses após abrir 600 vagas para agente e papiloscopista, a Polícia Federal lançou ontem novo concurso público com mais 600 oportunidades. Desta vez, as chances são destinadas aos cargos de perito (100), escrivão (350) e delegado (150), que exigem Nível Superior de escolaridade. Os salários vão de R$ 7.514,33 a R$ 13.368,68, dependendo do cargo pretendido. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.
Para participar da seleção, é necessário preencher um requerimento específico, disponível no site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), responsável pela organização do certame, em http://www.cespe.unb.br/. O prazo começa em 18 de junho e vai até 9 de julho. As taxas são de R$ 125 e R$ 150.
Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas no dia 19 de agosto. Em outras etapas, terão que passar por teste de aptidão física, exame médico e avaliação psicológica. Para o cargo de delegado ainda é preciso fazer prova oral.
Diretor da Academia do Concurso, Paulo Estrella orienta quem começou a se preparar agora a priorizar Direito Penal e Processo Penal. “O ideal é aproveitar alguma apostila relacionada a concurso, para poder saber o que tem de teoria e pode ajudar a fazer as questões”, diz.
Outra dica é trabalhar com material resumido. “O candidato precisa se acostumar com a linguagem da prova, mas há pouco tempo antes do exame. Por isso, quem vai começar agora precisa de um estudo teórico mas superficial”, afirma Estrella.
O próximo passo é refazer questões de provas anteriores. “Quanto mais rápido o candidato chegar nas questões melhor vai ser o desempenho dele no exame. É importante saber o que a questão está pedindo, saber de que forma a banca costuma cobrar aquele assunto. Isso só dá para saber fazendo provas”, recomenda Estrella.
Aluna da Academia do Concurso, Andrea Cardoso, 34 anos, iniciou a preparação há seis meses. “Fiz a ultima prova só para testar meus conhecimentos. Agora é para valer, estou focada”, diz.

Comentários