Policial de UPP é preso com arma ilegal na Lapa


O material apreendido no carro onde estava o PM
O material apreendido no carro onde estava o PM Foto: Fernando Quevedo / O Globo

Athos Moura - O Globo
Um policial militar foi preso por porte ilegal de arma, na noite desta quinta-feira, na Lapa. O soldado estava num carro com uma mulher e outros dois homens, na Rua do Lavradio, quando foram abordados por PMs do 5º BPM (Praça Harmonia). Os policiais militares que fizeram a abordagem encaminharam o grupo para a 5ª DP (Mém de Sá), pois suspeitavam que eles cometeriam assaltos na região. O PM detido, até então, não havia informado seu nome e sua função. Ele foi identificado na delegacia como Leonardo José Martins, de 22 anos, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Batan, em Realengo, Zona Oeste do Rio.

Foram levadas para a delegacia as duas armas - uma pistola 9mm de uso restrito com a numeração raspada e uma outra pistola calibre 380 em nome de uma pessoa que não pertencia ao grupo - que estavam no carro. Os policiais também apreenderam uma algema, toucas ninjas, munição e quatro celulares. O veículo está registrado em nome de uma locadora de carros.
O delegado responsável pela investigação contou que o soldado será indiciado por porte ilegal de arma, já que ele, como militar, deveria estar com uma arma registrada no seu nome ou no do batalhão no qual é lotado e não com uma de numeração raspada. Ainda de acordo com o delegado. não houve registro de roubo na região em que o grupo pudesse ser responsabilizado. E nenhum produto roubado foi encontrado com eles. Segundo o delegado, o policial alegou que estava na região fazendo uma investifação.
Leonardo José Martins ficará detido no Batalhão Especial Prisional (BEP).




Comentários