Sobrinho do traficante Fernandinho Beira-Mar é preso na Baixada Fluminense

Ele é suspeito de participar de um sequestro a ônibus no ano de 2011

Assista ao vídeo:
Policiais do Batalhão de Caxias (15º BPM) prenderam na madrugada desta quarta-feira (20) um homens suspeito de tráfico de drogas, durante uma operação na BR-040 (Rio-Juiz de Fora), no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ele seria sobrinho do traficante Fernandinho Beira-Mar.




De acordo com a polícia, Jean Júnior da Costa, de 22 anos, também é suspeito de participar de um sequestro a ônibus no ano de 2011, no centro do Rio de Janeiro. Ele foi detido durante uma blitz realizada pela PM, que contou com apoio de agentes da Polícia Rodoviária Federal. 
Ele foi encaminhado para a Delegacia de Piabetá (66ª DP), onde será registrada a ocorrência.
Preso no RN
Fernandinho Beira-Mar é considerado um dos maiores traficantes de armas e drogas da América Latina. Está preso desde o ano de 2002. Desde aquela data até 2008 foi sendo transferido constantemente, de presídio em presídio, devido ao fim do regime especial de prisão e de decisões da Justiça. Atualmente cumpre pena na Cadeia Federal de Mossoró (RN).
Entre os 18 e 20 anos, começou a praticar os primeiros assaltos. Lojas, bancos e até depósito de materiais militares eram seus alvos principais. Foi acusado de furtar armas pesadas do Exército e de vendê-las para traficantes do Rio. Aos 20 anos, foi preso por assalto e condenado a dois anos. Cumpriu a pena e, ao sair, voltou a morar na favela Beira-Mar, em Duque de Caxias. Ali, aos 22 anos, tornou-se um dos "cabeças" do tráfico local.
Em dezembro de 2010, durante a ocupação do Complexo do Alemão, foram encontradas cartas atribuídas a Beira-Mar, possivelmente enviadas da prisão, em Mato Grosso do Sul. Nessas cartas, o prisioneiro sugere que seus comandados se aliem às milícias do Rio de Janeiro e organizem sequestros de autoridades para trocá-las por milicianos que se encontrem presos.

Comentários