TSE libera candidaturas de quem teve contas rejeitadas pela Justiça


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) liberou na quinta-feira a participação nas eleições municipais deste ano dos chamados candidatos "conta-suja", ou seja, quem teve contas rejeitadas pela Justiça. A decisão no plenário foi por 4 votos a 3. O voto de minerva foi dado pelo ministro Antonio Dias Toffoli.

Ele considerou que a simples apresentação das contas de campanha é o que basta para deixar o candidato sem pendências com a Justiça Eleitoral, independente de serem aprovadas ou não. Mas Toffoli e o ministro Hernique Neves reforçaram que o político pode ser barrado caso haja irregularidades na aprovação e se os tribunais de contas rejeitarem as contas de administradores públicos (conforme a Lei da Ficha Limpa).
* Com informações da Agência Brasil

Comentários