Confira algumas opções para a temporada de inverno na Argentina

Vista aérea das quedas d'água do Parque Nacional do Iguaçu

Rafael Mosna-14.mar.11/Folhapress
Vista aérea das quedas d'água do Parque Nacional do Iguaçu

Uma opção para quem pretende viajar para a Argentina durante a temporada de inverno e gosta de esquiar é o centro de Cerro Chapelco, atualmente com todos os seus meios de elevação em funcionamento. A prática de esqui e snowboard é favorecida pela grande quantidade de neve na região durante essa temporada. Para quem prefere o freestyle, há um novo Snowpark, que pode ser usado tanto pelos frequentadores experientes quanto por principiantes.


A região oferece também motos de neve, excursões em trenós puxados por cães Huskies e caminhadas com raquetas de neve, além de diversos restaurantes para atender os visitantes. As crianças contam ainda com uma espécie de jardim da infância na neve, onde podem aprender a esquiar. Mais informações em www.chapelco.com.


Quem visitar Buenos Aires nos próximos dias pode conferir o Museu do Humor, que reúne originais realizados por artistas da revista El Gráfico, além de outras publicações humorísticas argentinas, totalizando mais de 100 obras diferentes. O museu abre de segunda à sexta das 11h às 18h, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 19h. Mais informações em www.museos.buenosaires.gob.ar/muhu. Informações sobre a programação cultural da cidade podem ser conferidas em www.bue.gov.ar.
A região das cataratas de Foz do Iguaçu, na tríplice fronteira, ainda é bastante visitada por brasileiros. No lado argentino, empresários estão realizando ações conjuntas com iniciativas de reforço ao turismo ecológico. No ano passado um total de 1,5 milhão de pessoas passou pelo Parque Nacional local, que tem uma área de 67 mil hectares. Seus principais circuitos podem ser percorridos em um ou dois dias através de visitas guiadas. Saiba mais sobre a região e atividades locais em www.iguazuargentina.com.

Comentários