Corrupção: governador emite título de terra para esposa, diz MP


O governador de Roraima, José de Anchieta Júnior (PSDB), emitiu irregularmente em nome de sua mulher um título de terra que foi incorporado ao seu próprio patrimônio, já que são casados em comunhão de bens.


A acusação é do Ministério Público Federal de RR, que encaminhou representação à Procuradoria-Geral, devido ao foro privilegiado do governador.
O terreno em Boa Vista tem 112 hectares e o título de posse foi emitido em setembro de 2010 pelo Iteraima (órgão fundiário estadual). O documento é assinado pelo governador.
Segundo o Ministério Público, não ficou demonstrada na emissão do título a produtividade da terra.
A primeira-dama, Shéridan de Anchieta, adquiriu o terreno em 2009, segundo recibo de compra. O parecer técnico do Iteraima afirma que ela “tem como principal ocupação a atividade agrária”. Porém, ela comanda desde 2008 uma secretaria no governo estadual.
A assessoria do governador disse que o terreno é produtivo. O presidente do Iteraima, Márcio Junqueira, afirmou que a representação “tem cunho político” e que não houve irregularidades no processo.
Fonte: Folha de São Paulo

Comentários