Em Búzios, secretária de Meio Ambiente contesta versão de que praias estariam impróprias para banho


397979

Vazou para a imprensa local que ?O Globo? estaria publicando, neste final de semana, uma matéria com relatórios de avaliação da balneabilidade das praias de Búzios. De acordo com a Prefeitura, métodos de avaliação do INEA seriam falhos e poderiam apresent
Em meio a rumores de que diversas praias de Búzios não apresentariam condições de balneabilidade, a secretária do Meio Ambiente e da Pesca, Adriana Saad, informou o PH durante a semana, que as analises realizadas pelo INEA estariam acontecendo  uma vez por mês, e sempre em pontos específicos.  
 - Em caso de chuva, pontualmente, a balneabilidade de determinadas praias sofre alterações por um período curto de tempo e nas proximidades dos deságues de águas pluviais. As condições destas praias voltam a normalidade com o termino das chuvas. Para divulgar seu índice o INEA faz uma media dos três meses e então sai a avaliação – esclarece Saad. 
Para a secretária este método de avaliação está longe de exprimir a balneabilidade de nossas praias, pois, segundo ela, ‘é impossível avaliar a qualidade das águas das praias de Búzios com a realização de apenas uma mostra mensal, sendo visível que as condições de nossas praias são, salvo em dias de forte chuva e em locais próximos de deságues de águas pluviais, próprias para banho’, disse. 
A secretária informou também que o prefeito Mirinho autorizou a contratação de uma empresa credenciada no próprio INEA, empresa esta que também realizaria analises para o Consorcio Ambiental, que é o laboratório de Analise da PROLAGOS, com intuito de submeter as praias da Cidade a avaliação quinzenal, feita em três pontos distintos de cada. 
De acordo com a secretária  essas analises começariam na quinta-feira (5) com a coleta da água de diversas praias. A assessoria de comunicação da Prefeitura informou que os resultados destes relatórios serão publicados no blog da Prefeitura e Site da Secretaria do Meio Ambiente e da Pesca (SMAP) 
do JPH

Comentários