INSS esconde proposta para pagar revisão dos auxílios


Juliano Moreira e Gisele Lobato
do Agora
No dia em que se encerrava o prazo para a apresentação de uma proposta de pagamento da revisão dos auxílios, o INSS preferiu se calar e evitou dar qualquer informação sobre o assunto.


No início de julho, a Justiça havia determinado um prazo, que terminava ontem, para o instituto expor uma planilha de pagamento, de forma parcelada, da revisão.
Embora tenha se manifestado, anteontem, no próprio processo que está no TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), em São Paulo, o INSS, por meio de sua assessoria, não abriu o jogo sobre o conteúdo dessa manifestação --ou seja, se a manifestação já é para o pagamento.
Resposta
De acordo com a AGU (Advocacia-Geral da União), que representa o órgão na Justiça, a informação passada é que a manifestação ainda estava para ser analisada pelo tribunal e que, em um primeiro momento, ela não poderia ser levada a público.
Em São Paulo, o TRF 3 alegou falta de tempo para responder à solicitação sobre a proposta protocolada pelo INSS e disse que o órgão poderia passar o conteúdo da manifestação apresentada anteontem à Justiça.
  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora nesta sexta, 20 de julho, nas bancas

Comentários