Pular para o conteúdo principal

Polícia conclui que irmã de Ângela Bismarchi se matou


Fábio Grellet
Reprodução / Rede Record
Angelina Bismarchi
A irmã da modelo Ângela Bismarchi foi morta em uma briga entre o ex-marido e o namorado

A Polícia Civil do Rio encerrou nesta quinta-feira (19) o inquérito sobre as mortes de Angelina Filgueiras, de 42 anos, irmã da modelo Ângela Bismarchi, e de seu ex-marido, o capitão da Marinha Márcio Luiz Dias Fonseca, ocorridas em Niterói (região metropolitana do Rio) em 15 de junho. A investigação concluiu que Angelina se matou e Fonseca foi morto pelo namorado dela, Jolmar Milato. Milato foi indiciado por homicídio doloso (intencional).

Angelina estava em casa com o namorado, por volta das 23 horas, quando o ex-marido invadiu o imóvel, após usar uma escada para ter acesso à varanda. Armado com uma pistola, Fonseca encontrou o casal vendo TV e começou a discutir com o atual namorado de Angelina. Houve confronto e Angelina conseguiu pegar a arma. Após exigir que a dupla parasse de brigar e não ser atendida, ela atirou contra si mesma. Em seguida, Milato pegou a arma e disparou contra Fonseca, que morreu no local. Angelina foi socorrida, mas morreu no hospital.

Comentários