Policiais argentinos são presos sob acusação de tortura


Imagens feitas pelos próprios policiais mostram presos quase sem roupas, molhados e com sacolas de plástico em suas cabeças

BUENOS AIRES (ANSA) - Policiais argentinos foram presos a pedido da Secretaria de Segurança do estado de Salta, no norte do país, após um vídeo em que cinco oficiais são vistos torturando presos durante um interrogatório.


O secretário de Segurança, Eduardo Sylvester, disse que o governo local "está convencido de que estes homens não representam a força policial saltenha".
As imagens, que foram feitas pelos próprios oficiais e divulgadas pela internet, mostram os presos quase sem roupas, molhados, com sacolas de plástico em suas cabeças.
Um deles foi submetido a uma prática conhecida como "submarino", que consiste em submergir a cabeça de uma pessoa na água para gerar a sensação de asfixia.

Comentários