Chegada do tufão Bolaven mata 12 e deixa Coreia do Sul em alerta


A chegada do tufão Bolaven, que deixou um morto e cinco feridos no Japão, deixou 12 mortos e dez feridos na Coreia do Sul nesta terça-feira. O país está em alerta com a tempestade, que causou o naufrágio de dois barcos pesqueiros no país e pode atingir a capital Seul, cidade de 10 milhões de habitantes.


As ondas gigantes provocadas pela tempestade fizeram as duas embarcações virarem perto da ilha de Jeju, no sul da península coreana, deixando 12 pescadores chineses mortos e outros 12 desaparecidos no mar. Outros 11 foram resgatados dos barcos, de acordo com a Guarda Costeira da cidade de Seogwipo.
Devido à tormenta, a Agência Meteorológica da Coreia do Sul colocou Seul no nível de alerta mais alto. Todas as escolas da capital continuam fechadas. Segundo o ministério dos Transportes, 64 voos internacionais e 183 nacionais foram cancelados na segunda-feira, assim com várias viagens de balsa.
Em Jeju, o tufão arrancou árvores e tetos de casas. Mais de 200 mil residências ficaram sem energia elétrica.
O tufão já havia deixado um morto e cinco feridos no domingo ao passar pelas ilhas de Okinawa e Amami, no sul do Japão.
folha uol

Comentários