Chip automotivo obrigatório entra em vigor em 2013 e poderá custar até R$ 10


O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira (10), resolução sobre a implantação do Siniav (Sistema Nacional de Indentificação Automática de Vecíulos) ou chip automotivo em todo o País.
O dispositivo será instalado no parabrisas dos veículos de passeio para facilitar a identificação, mas outros veículos poderão ter o chip em local diferente, como motos, carretas etc.

Dispositivo deverá auxiliar a fiscalização dos automóveis, como velocidade, pagamento de licenciamento e rodízio municipal.
A instalação do sistema, que possui tecnologia similar ao do Sem Parar, será obrigatória para todos os veículos da frota nacional. A partir de 1º de janeiro de 2013, os carros novos já deverão sair de fábrica com o dispositivo, já o prazo para que toda frota tenha o chip é de 30 de junho de 2014.
Segundo o Contran, estudos revelam que o chip poderá custar até R$ 10, mas ainda o preço final ainda não está definido. O custo para a implantação do chip será de responsabilidade do proprietário do automóvel e poderá ser cobrado junto com o licenciamento.
Instalação
De acordo com a publicação, terminado o prazo para implantação total do dispositivo, os veículos sem o chip não poderão circular.

Comentários