Correios autorizados a contratar



A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) recebeu autorização da Justiça para contratar funcionários terceirizados por meio de licitação. A ECT conseguiu suspender liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-DF) que proibia esse tipo de contratação. Desde julho, a empresa estava impedida de promover licitação a fim de receber temporários para o exercício de atividades-fim de agente, técnico ou especialista de Correios.


O pedido para suspender licitações foi feito pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect), sob o argumento de prejuízo a concursados ainda não nomeados. De acordo com os Correios, a manutenção da liminar provocaria retenção de entregas, uma série de reclamações e até pedidos de indenização. A empresa ain­da argumentou que as licitações são para a contratação de funcionários temporários, não substituindo a demanda por concursados. A Fentect decide até o fim da semana se irá recorrer da decisão da Justiça.
agencia brasil


Comentários