DO FALAMANSA: Irmão de músico de grupo de forró é suspeito de matar mãe


O irmão do percussionista André Canônico, o Dezinho, da banda de forró Falamansa, foi preso ontem sob suspeita de ter estrangulado a mãe, Ana Canônico, 60 anos.

Josmar Jozino e Folha de S.Paulo
do Agora
O crime aconteceu na casa da família, no condomínio Riviera Paulista, em Guarapiranga (zona sul). O acusado sofre de esquizofrenia.
A PM afirma que, na hora do almoço, vizinhos ouviram gritos e avisaram a polícia. O sargento Nelson José de Brito, do 1º Batalhão, foi o primeiro a chegar ao local.
"Entrei na casa às 14h e a vítima estava sentada à mesa, já morta. Ela almoçava quando foi estrangulada. O filho estava com o pé esquerdo sujo de sangue e confessou o crime. Mas não explicou o motivo", disse o sargento.
O caso foi registrado no 101ºDP (Jardim das Imbuias). A Polícia Civil apurou que Mauro Canônico, 37 anos, sofre de distúrbios mentais.
O pai dele, ex-marido de Ana, foi chamado à casa e confirmou essa versão.

Comentários