Marinha abre inscrições para 74 vagas

Seleções são para capelães navais, engenheiros e arquitetos. Curso será no Centro de Instrução, no Rio de Janeiro.

A Marinha abriu na quarta-feira (8) as inscrições de dois concursos públicos para 74 vagas. São 2 vagas para o Quadro de Capelães Navais do Corpo Auxiliar (CP-CapNav) e 72 para o Corpo de Engenheiros (CP-EngNav). O valor dos salários não foi divulgado. Os aprovados farão curso no Centro de Instrução Almirante Wanderkolk (CIAW), no Rio de Janeiro.


 

Marinha
Inscrições
De 8 de agosto a 3 de setembro
Vagas
74
Salário
Não informado
Taxa
R$ 45
Prova
Data a ser divulgada
Capelães navais
Poderão concorrer a 1 vaga de sacerdote católico apostólico romano e a 1 vaga de pastor evangélico candidatos do sexo masculino. O candidato também preciso ter mais de 30 anos e menos de 41 anos em 1º de janeiro de 2013; possuir, pelo menos, 3 anos no exercício de atividades pastorais, como sacerdote ou pastor, e ter curso de formação teológica de nível superior, reconhecido pela autoridade eclesiástica de sua religião.

O Curso de Formação de Oficiais (CFO) tem a duração de 39 semanas e é constituído por um período de adaptação e tapa básica. O curso será realizado no Centro de Instrução Almirante Wanderkolk (CIAW), no Rio de Janeiro.
Durante o curso, o guarda-marinha receberá remuneração de acordo com sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

O ingresso no Corpo Naval ocorrerá no posto de primeiro-tenente. Antes de completar 5 anos da nomeação ao oficialato, os oficiais serão avaliados para determinar sua permanência em caráter definitivo na Marinha.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 8 de agosto e 3 de setembro pelo site
www.ensino.mar.mil.br. A taxa é de R$ 45. Também é possível se inscrever nas Organizações Militares listadas no edital.

A seleção inicial é composta por prova escrita de conhecimentos profissionais, redação, inspeção de saúde, teste de aptidão física e verificação de dados biográficos. Após essa etapa, os aprovados seguem para o curso de formação de oficiais, composto pelas fases de período de adaptação, verificação de documentos, avaliação psicológica, verificação de dados e curso de formação propriamente dito.

A data da prova ainda será divulgada. O exame será aplicado, das 10h15 às 14h15, nas cidades do Rio de Janeiro, Vila Velha (ES), Salvador, Natal, Olinda, Fortaleza, Belém, São Luís, Rio Grande (RS), Porto Alegre, Florianópolis, Ladário (MS), Brasília, São Paulo e Manaus.

Corpo de Engenheiros
Podem participar da seleção candidatos com nível superior nas áreas de arquitetura e urbanismo, engenharia aeronáutica, engenharia cartográfica, engenharia civil, engenharia de materiais, engenharia de produção, engenharia de sistemas de computação, engenharia de telecomunicações, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia mecânica, engenharia mecatrônica, engenharia naval e engenharia química. Também é preciso ter menos de 36 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2013.

O Curso de Formação de Oficiais (CFO) tem a duração de 39 semanas e prepara o candidato par ao exercício de funções em Organizações Militares da Marinha. O curso é constituído por um período de adaptação de, aproximadamente 2 semanas, e uma etapa básica. O curso será realizado no Centro de Instrução Almirante Wanderkolk (CIAW), no Rio de Janeiro. Durante o curso, o guarda-marinha receberá remuneração de acordo com sua graduação, como previsto na Lei de Remuneração dos Militares, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa. Durante o CFO, o candidato fará um estágio de aplicação, com duração de até 6 semanas.
O ingresso no Corpo Naval ocorrerá no posto de primeiro-tenente. Antes de completar 5 anos da nomeação ao oficialato, os oficiais serão avaliados para determinar sua permanência em caráter definitivo na Marinha.
As inscrições devem ser feitas no período de 8 de agosto a 3 de setembro pelo sitewww.ensino.mar.mil.br. A taxa é de R$ 45. Também é possível se inscrever nas Organizações Militares listadas no edital.
A seleção inicial é composta por prova escrita de conhecimentos profissionais, redação, tradução, inspeção de saúde, teste de aptidão física e verificação de dados biográficos. Após essa etapa, os aprovados seguem para o curso de formação de oficiais, composto pelas fases de período de adaptação, verificação de documentos, avaliação psicológica, verificação de dados biográficos, curso de formação propriamente dito e estágio de aplicação.
A data das provas ainda será divulgada. Os exames serão aplicados nas cidades do Rio de Janeiro, Vila Velha (ES), Salvador, Natal, Olinda, Fortaleza, Belém, São Luís, Rio Grande (RS), Porto Alegre, Florianópolis, Ladário (MS), Brasília, São Paulo e Manaus.

Comentários