Mensalão - Julgamento começa com bate-boca de ministros e atraso

Julgamento começa com bate-boca de ministros e atraso
Nelson Jr./STF
Autos do processo do mensalão, totalizando cerca de 50 mil páginas; o relator, ministro Joaquim Barbosa, de pé, durante o primeiro dia do julgamento, no plenário do Supremo
 
Uma discussão sobre dividir o processo do mensalão levou a um bate-boca entre ministros do Supremo no primeiro dia do julgamento e gerou atraso no cronograma, o que pode dificultar o voto de Cezar Peluso, que se aposenta em 3 de setembro. A fala do procurador Roberto Gurgel ficou para hoje. Defensor de um dos réus, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos pediu o desmembramento da ação.

Comentários