No dia dos solteiros, homem faz 104 anos e diz que segredo é nunca casar



Ele festejou com amigos em um café, que frequenta há mais de 50 anos.
Filho de imigrantes italianos, Palombo nunca teve filhos.


No dia dos solteiros, um dos moradores mais antigos de Pelotas, na região Sul do estado, completou 104 anos de vida. Renalto Risi Palombo festejou com os amigos em um Café, frequentado por ele há mais de 50 anos. Há algumas décadas, o alfaiate foi referência na produção de roupas masculinas sob medida na cidade. Filho de imigrantes italianos, Palombo não teve filhos e atribui a longevidade ao fato de nunca ter casado.


Palombo nasceu em 1908 e é filho de imigrantes italianos. Como nunca frequentou a escola, teve que aprender a ler e escrever com a mãe. Nunca teve filhos. O ofício de alfaiate aprendeu com o pai aos 12 anos de díade. Segundo ele, na época em morou no Rio de Janeiro, fez roupas para Carlos Lacerda, Leonel Brizola, Flores da Cunha e Arthur da Costa e Silva.
Sempre que a saúde permite, vai até o mais tradicional ponto de encontro de Pelotas: o Café Aquarius, frequentado por ele há pelo menos 50 anos. É neste lugar que todos os anos os amigos comemoram o aniversário dele. Nesta quarta-feira (15) o 104º. Sempre com direito a bolo e velinhas, que ele apaga com muita disposição
.

Comentários