No Rio, manifestantes ocupam as ruas do centro

Servidores públicos federais se concentram na Candelária, no centro do Rio de Janeiro. Eles reivindicam melhores condições de trabalho. Os manifestantes seguiram em passeata ao longo da Avenida Rio Branco, uma das principais vias do centro, em direção à Cinelândia.
Cartazes, faixas, apitos e carros de som foram usados durante o percurso, com a finalidade chamar a atenção da população para as reivindicações dos servidores. Policiais militares acompanharam a passeata.




Segundo informações do site de noticias G1, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no estado do Rio, Geraldo Nunes Pereira Filho, disse que o principal objetivo do protesto é pressionar para o governo atender às reivindicações do servidor público federal. Segundo ele, a proposta foi apresentada em fevereiro ao Governo Federal, que até o momento não se manifestou. Eles ocuparam o restante da avenida, na altura da rua do Ouvidor e se deslocaram no sentido Cinelândia.
Os manifestantes também se colocaram contra o Decreto N° 7.777/12, que permite ao governo federal, em caso de greve de seus servidores, fechar parcerias com estados e municípios para assegurar o funcionamento dos serviços federais. De acordo com o CTB, atualmente há 25 categorias em greve no país, em 25 estados e no Distrito Federal. A mais antiga é a das universidades federais, que estão paradas há 111 dias.

Comentários