Organizações destacam falta de liberdade de imprensa na Argentina e no Equador


A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), junto a outras organizações internacionais, se mostrou preocupada com a falta de liberdade de imprensa e de expressão na Argentina e no Equador.
Crédito:Divulgação
Correa é conhecido por atacar e perseguir imprensa no Equador
As organizações pediram aos governos dos dois países que respeitem o direito à informação e reduzam a violência contra a imprensa, protegendo a liberdade de expressão na internet.

A preocupação das organizações foi comunicada no dia 12 de julho, em Santiago, no Chile, durante a reunião do Comitê Coordenador de Organizações de Liberdade de Imprensa.

O governo do presidente do Equador Rafael Correa é conhecido por atacar a imprensa. Enquanto a presidente argentina Cristina Kirchner sofre críticas por "punir os veículos críticos ao governo".
do portal imprensa

Comentários