Servidores da Justiça Federal paralisam as atividades em advertência


Mais uma categoria de trabalhadores vai cruzar os braços no Ceará. Os servidores da Justiça Federal do Estado decidiram pela paralisação de atividades por no mínimo, 3 horas diárias nos dias 30 e 31 de agosto. A decisão foi tomada após uma assembleia geral, realizada nesta quarta-feira, 29. 


As paralisações devem ocorrer a partir das 15h e se estenderão até o fim do expediente, por volta de 18h. O movimento é coordenado pelo Sindicato dos Trabalhadores da Justiça Federal no Ceará (Sintrajufe-CE). Uma greve, de por tempo indeterminado na Justiça Federal não é descartada pelo sindicato, e a categoria já está em estado de greve.
Outros setores do Judiciário Federal no Ceará também estão mobilizados. Os servidores da Justiça Eleitoral (TRE) já aprovaram greve por tempo indeterminado iniciando na próxima segunda-feira, 3. Servidores do Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho já cruzaram o braços por tempo indeterminado.
A principal reivindicação dos servidores é a aprovação do Plano de Cargos e Salários, (PCS-4), cujo Projeto de Lei (PL) está parado há dois anos na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara Federal, de acordo com o Sintrajufe-CE). 
"Os servidores querem reverter um quadro de perdas salariais que já dura seis anos e acumula uma inflação não reposta de superior a 40%", disse o sindicato, por meio de nota.Redação O POVO OnlineO sindicato da categoria diz não descartar a possibilidade de uma greve por tempo indeterminado



Comentários