Candidatas ao Miss RJ organizam protesto contra vitória de Rayanne

Mineira, Rayanne Morais é a Miss Rio de Janeiro 2012. Foto: Twitter/Reprodução
As 20 candidatas ao título de Miss Rio de Janeiro 2012 se organizaram contra a vitória de Rayanne Morais, noiva de Latino. A revolta começou por a modelo ser mineira, já ter vencido o concurso em seu Estado e ter ficado em 2º lugar no Miss Brasil do mesmo ano. Assim, a candidatas acusam a organização de ter vendido o título e planejam uma manifestação no posto 9, na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, com ao menos 94 pessoas confirmadas no evento criado no Facebook, e mais de mil convidados.
Em carta divulgada na rede social, as misses dizem que foram feitas de "idiotas, palhaças e figurantes" e que o concurso foi uma "verdadeira palhaçada". "Pessoas com influência no mundo Miss comentavam todos os dias em sites especializados que o título de Rayanne já havia sido comprado. No dia 16 de agosto, foi publicado um comentário no grupo Miss SemCensura no Facebook que afirmava ter conhecimento de uma reunião a portas fechadas na Band. Presentes: Rayanne, Latino e clã Saad. Curiosa, uma de nós perguntou à Rayanne se realmente houve uma reunião e ela confirmou", escreveram.
"A coordenadora do concurso, a Sra. Susana Cardoso, nos comunicou a possível participação da mineira como se fosse totalmente limpa e correta. Mal paramos pra pensar na desigualdade que seria essa competição e várias outras coisas vieram à tona: Rayanne é de Minas. Ninguém pode participar em outros Estados quando bem entende. Rayanne não foi coroada Miss Armação dos Búzios (como todas as outras misses precisam ser, por regra em contrato, e como todas as outras foram). Rayanne tem visivelmente bem menos que 1,70m, o que em contrato também não é permitido; 1,70m é a altura mínima. A idade limite para participar é 25 anos não completos. Rayanne declara ter 24 anos, mas ninguém sabe a idade verdadeira da candidata", acusam.


Tratamento diferenciado

"Durante semanas, a coordenadora do Miss Rio de Janeiro, Susana Cardoso, nos dizia que seria obrigatório o uso do vestido cedido pelo estilista que estava patrocinando o evento. Mas, somente no dia anterior da nossa ida para o hotel, é que foi divulgado que poderíamos usar o vestido, sapato e acessório que quiséssemos no desfile de gala. ... Rayanne usou um luxuoso vestido do estilista Alexandre Dutra, o mesmo estilista que vestiu Leila Lopes, Miss Universo 2011. Não foi difícil se destacar entre nós com tanto luxo e bordados", disseram na carta.
"A presença de jurados com relacionamento de amizade com os noivos (Latino e Rayanne) foi o ápice da armação. Entre eles, posso citar o promoter David Brazil, grande amigo de Latino, Flavio Prescott, amigo e cabelereiro de Rayanne e a socialite Liège Monteiro de Carvalho, amiga de Latino".
"Muitos nos perguntaram porque não abandonamos o concurso se estávamos tão insatisfeitas. Porque ao contrário de Rayanne, as regras do contrato eram válidas para nós. Quem abandonasse o concurso, deveria pagar uma multa de 30 mil reais. Sob essa ameaça contratual, fomos obrigadas a resistir, mesmo nos sentindo humilhadas e coagidas em servir de figuração", afirmaram.
O Terra entrou em contato com a Band, responsável pela organização dos concursos estaduais e do Miss Brasil, que afirmou que não vai comentar as acusações. A emissora afirma que "tudo foi feito de acordo com o regulamento".


Jurados
Insatisfação
"No mesmo contrato que estipulava a altura mínima, havia uma cláusula dizendo que a vencedora não poderia se afastar do Estado do RJ nos 3 dias seguintes ao concurso. Em menos de 24 horas, Rayanne já estava em um avião, rumo aos Estados Unidos. A participação de Rayanne no concurso foi totalmente marcada por vaias. Vaias que a mídia até agora fez questão de omitir ou dividir com aplausos que nunca existiram. Vaias tão fortes que impediram a transmissão na televisão, pois ficou impossível editar o áudio. Vaias que nos deram força para nos manifestar contra tudo que aconteceu abraçando nossa amiga Isabel Correa, a segunda colocada. Nos retiramos do palco e, quando tentamos voltar de mãos dadas para cumprimentar o público, fomos impedidas por seguranças. Enfim, Rayanne pode ter levado a coroa. Mas nós ficamos com a majestade."
Band

Comentários