Em Cabo Frio, Wagner Tiso é o convidado do Projeto Passagem Viva


Por Eliane Ribeiro 
O Largo de São Benedito, no bairro da Passagem, receberá no próximo sábado, dia 15 de setembro, a partir das 14 horas, a segunda edição do Projeto Passagem Viva, com shows  do músico Carlo Penza e do compositor e maestro Wagner Tiso.
O evento é organizado pela Prefeitura de Cabo Frio, através de sua Secretaria de Turismo e pela Infinity Eventos e tem como principal objetivo fomentar a visitação ao bairro Passagem, incentivando o comércio local e oferecendo mais uma opção de cultura, lazer e gastronomia para cabo-frienses e visitantes.


Nesta edição a programação terá início às 14 horas, com exposição de artes e artesanato, automóveis antigos e o melhor da gastronomia. A estrutura contará com palco para apresentações musicais e barracas para as várias ações planejadas, formando um corredor cultural aberto à visitação e comercialização.
E para abrir a noite do Projeto Passagem Viva foi convidado o artista - Carlo Penza, que é baiano e já gravou dois CDs: a coletânea musical Estamplaza Key e o instrumental Instrumentalíssimo.
Carlo Penza possui curso livre de piano e música popular pelo conservatório Villa Lobos-RJ, curso de piano pelo Conservatório Dramático de São Paulo, curso prático de sax soprano pela Filarmônica Euterpe, de Itabuna, na Bahia e curso de teoria e piano pela Universidade Livre de Música Tom Jobim, de São Paulo.
Carlo Penza, com composições e arranjos com ênfase na música instrumental, no jazz, na bossa nova e no chorinho demonstrará sua variedade e riqueza musical no show de abertura da segunda edição do Passagem Viva.
Charmoso por natureza e rico em histórias, o Largo de São Benedito se transformou em um rico ponto gastronômico da cidade, onde se encontram restaurantes muito agradáveis e com preços justos. Com beleza incomparável, a praça retrata um lindo cenário histórico onde a cada dia destacam-se ainda mais suas riquezas.
- O sucesso da primeira edição do Passagem Viva foi muito grande, ultrapassando nossas expectativas. E temos certeza de que no próximo sábado, com show de Carlo Penza e Wagner Tiso teremos mais uma noite do melhor da música instrumental, num passeio pelas composições de artistas consagrados como Tom Jobim, Villa Lobos, Valdir Azevedo, Vinicius de Moraes e do próprio Wagner, dentre outros grandes nomes da música brasileira.
Wagner Tiso, o grande nome da noite, é pianista, tecladista, compositor, arranjador, maestro e diretor musical. Começou a estudar música por conta própria, em Minas Gerais, onde tocava com Milton Nascimento. Mais tarde teve auxílio e instrução do maestro Paulo Moura. Concentrou-se em piano e teclados e integrou as primeiras bandas em Belo Horizonte.
Foi para o Rio de Janeiro em 1964 e lá atuou em diversos grupos (Sambacana, Quarteto de Edison Machado, Paulo Moura, Som Imaginário) e como acompanhante de artistas, como Marcos Valle, Maysa, Cauby Peixoto, Milton Nascimento. Participa de muitas gravações e faz participações especiais em discos e shows. Em 1978 lançou o primeiro disco solo, "Wagner Tiso", pela EMI.
Nos anos seguintes gravou muitos outros discos e compôs trilhas sonoras para cinema, teatro e televisão, recebendo muitos prêmios nesta área. É bastante conhecido no exterior, principalmente na Europa, onde se apresenta com frequência. Atua também na área da música erudita, e já compôs e orquestrou suítes sinfônicas.
Entre suas composições mais conhecidas estão "Coração de Estudante" (com Milton Nascimento), "Bolero", "Mar Azul", "Nova Estrela", "Armina", "Matança de Porco", "Trem Mineiro" e "Baobab".

Comentários