Homem estrangula namorada e escreve para filha dela: vou salvar a mamãe

reino unido, crime, norfolk, barco, 700
Após assassinato, homem jogou corpo em rio da Inglaterra e se matou em seguida




O homem suspeito de estrangular a namorada na Inglaterra, e jogar o corpo dela dentro de um rio, escreveu um bilhete para a filha de sua vítima prometendo “procurar a mamãe”.
O caso vem chocando a Inglaterra nesta semana pelos detalhes sórdidos que aparecem a cada dia na imprensa britânica, segundo o tabloide Daily Mail.
No último final de semana, a polícia encontrou dois corpos em um rio na região de Norfolk: o de Annette Creegan, 49 anos, e o de John Didier, 41 anos.
Didier é suspeito de ter estrangulado Annette, sua namorada, e jogado seu corpo no rio antes de tirar a própria vida.
O casal passeava de barco pela região acompanhado pela filha de Annette, uma menina de apenas 13 anos.
Após ter matado a namorada, Didier deixou um bilhete no barco para a menina, que estaria dormindo no momento em que tudo aconteceu.
A nota dizia: “Fique aqui. Fui procurar a mamãe”.
john didier, 700
John Didier é o único suspeito do crime (Reprodução/dailymail.co.uk)
A polícia ainda não sabe se Didier, que é norte-americano, se matou ou se morreu em um acidente no local.
Ao chegarem ao local no último domingo (2), os policiais encontraram os dois corpos, além do barco abandonado com a criança dentro e alguns objetos sexuais do casal.
Segundo os oficiais, a menina teria ficado vários dias sozinha no barco esperando pelo retorno da mãe, uma “dedicada” enfermeira, e do namorado dela.
Testemunhas disseram à polícia que a embarcação ficou ancorada no mesmo local por uma semana inteira.

Comentários