Ibama comemora dia mundial da árvore


ÁrvoreNesta sexta-feira, 21 de setembro, comemora-se o Dia da Árvore. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) celebrou a data com várias atividades abertas ao público.
Na programação, houve plantio de mudas de oitis e pequi, apresentação do coral de funcionários da instituição, lançamento de livro sobre prevenção ao fogo e palestra sobre ações realizadas nos jardins da Câmara dos Deputados pela Ecocâmara. “Queremos trazer para o Ibama as experiências da Câmara nos jardins, como plantio de flores específicas para atrair pássaros e abelhas polinizadoras”, afirmou o coordenador da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) no Ibama, Eric Fischer.


Plantas nativas
No auditório do edifício sede do Ibama, ocorreu palestra sobre a experiência da Ecocâmara e lançamento do Livro Fogo Ardente – Água Corrente, da analista ambiental Larissa Malty, com participação do Prevfogo, equipe de socorristas do órgão encarregada de enfrentar incêndios nos biomas. Também foram plantados oitis pelos participantes no estacionamento e um pequi, nativo do cerrado, nos jardins. No ano passado, foram plantadas nos jardins do Ibama mudas de chichá (amendoim do cerrado) e imbaré.
A data é comemorada no Brasil desde 1965, após o Decreto Federal nº 55.795, que instituiu a Festa Anual das Árvores no dia 21 de setembro. A escolha do dia deve-se à proximidade da chegada da primavera, no dia 23 de setembro. As árvores são fundamentais para manter a vida no planeta: protegem o solo e as nascentes dos rios; abrigam e preservam animais; fornecem oxigênio puro e limpo; ajudam na manutenção de umidade e na temperatura do ambiente.

Comentários